Cidadeverde.com

Empresários de Luis Correia denunciam que estão sendo ameaçados em redes sociais

Foto: Ascom/Prefeitura de Luís Correia


Empresários do ramo de hotelaria no município de Luís Correia (a 345 km de Teresina) denunciaram que estão sendo ameaçados por criminosos através de ligações telefônicas e pelas redes sociais. O crime foi relatado pelos empresários durante reunião entre a prefeita Maninha e o novo comandante do 24° BPM, o major Inácio Delgado.

O major Inácio Delgado assumiu o comando do 24º Batalhão, em Luís Correia, no lugar do major Wilton, no último dia 19 de abril. A reunião foi realizada para discutir as ações que estão sendo executadas no litoral pela Polícia Militar.

Durante o encontro alguns empresários relataram que estavam recebendo ameaças por telefone, alguns com extorsão. Não foi informado quantos empresários receberam ameaças.

“São ameaças que estão acontecendo, onde utilizam dados que podem ser conseguidos pelas redes sociais ou pela internet. Eles mandam mensagens ou fazem ligações fazendo essas ameaças, às vezes, pedindo dinheiro. Ameaças do tipo: se não me pagar tanto por mês, eu vou queimar o seu estabelecimento. Esse tipo de ameaça”, explicou o major.

Para o comandante, as denúncias são sérias e que por isso é importante que todas as vítimas realizem um Boletim de Ocorrência, para que a Polícia Militar e a Polícia Civil possam juntas identificar os suspeitos.

“Alguns não tinham nem mesmo feito um Boletim de Ocorrência, mas orientamos que fizessem isso. Tratamos todo o caso com seriedade, pois não sabemos realmente ainda do que se trata. Com o caso registrado, o trabalho de investigação é realizado de forma mais ampla, porque podemos cruzar com outros locais onde possam estar ocorrendo o mesmo caso e assim identificar quem está fazendo isso, se é partido de algum presídio, algum grupo, se existe alguma repetição de mensagens em massa. Pode ter um colega de outro estado, que tem um caso semelhante, então com o registro do boletim, a Polícia Civil e a Militar podem atuar juntas e apurar isso”, explicou.

Foto: Divulgação/Prefeitura de Luís Correia

Reunião entre a prefeita, a PM e empresários

Ele informou que o caso será devidamente analisado, e que ainda não é possível saber se são apenas mensagens realizadas com o objetivo de receber dinheiro, ou se existe realmente a possibilidade de concretização dessas ameaças.

“A ameaça está configurada, e vamos tratar com seriedade o caso, para analisar bem a situação. Sabemos que é fácil pegar os dados de outra pessoa nas redes sociais, na internet, e usar isso para fazer uma ameaça, mas não descartamos que seja uma real ameaça, por isso estamos tratando seriamente a situação relatada e vamos trabalhar junto com a Polícia Civil nisso, mas é importante que se a pessoa receber algo do tipo, que faça o boletim de ocorrência”, destacou o major Inácio Delgado, comandante do 24º DP.

Na reunião ainda foi solicitada ao comandante a implementação de uma base da Polícia Militar na comunidade do Macapá e também uma maior atenção ao trade turístico. 

“Durante a reunião ainda discutimos sobre as ações que vamos implementar e também a importância de atuar de forma integrada com as associações, os comerciantes e donos de pousada para direcionar melhor as ações”, pontuou.

 

Bárbara Rodrigues
[email protected]