Cidadeverde.com

Filho de prefeito é agredido com garrafa de vidro na cabeça no Piauí


Filho de prefeito é agredido com garrafa de vidro (foto: arquiv pessoal)

Uma criança de 11 anos foi agredida na cabeça com uma garrafa de vidro na Praia do Coqueiro, em Luís Correia, na terça-feira de Carnaval, dia 13 de fevereiro. A criança participava com a família em um bloco quando foi atingida com a garrafada. O menino é filho do prefeito de Canto de Buriti, Marcos Nunes. 

O delegado Maikon Kaestner disse ao Cidadeverde.com que a família da vítima e a própria criança serão ouvidos na próxima semana. 

Até o momento, a família possui uma suspeita de quem seja a autora da agressão e já comunicou à polícia, que está apurando todas as informações, disse o delegado.

Após agredir a criança, a pessoa se evadiu do local da agressão.  De acordo com o delegado, não está claro o motivo pelo qual a agressão ocorreu. 

“A criança já foi encaminhada para fazer o exame de corpo de delito, e estamos aguardando o resultado. Nós vamos ouvir as testemunhas e analisar se realmente foi uma tentativa de homicídio ou, a depender da lesão, se o inquérito será por lesão grave ou leve, vai depender das circunstâncias”, esclareceu o delegado.

Ao registrar o Boletim de Ocorrência, a família da vítima afirmou não ter intimidade com a agressora. Até o momento, a suposta agressora não compareceu a Delegacia para prestar esclarecimento. 

A tia da criança chegou a fazer um desabafo nas redes sociais lamentando o ocorrido. O desabafo foi compartilhado junto com a imagem da agressora.

“Ele estava com várias crianças brincando de espuma, de mela-mela, parece que nessa coisa de criança de brincar, brigar, e depois voltar a brincar. Essa mulher apareceu, parece que tentou separar, e tacou a garrafa na cabeça dele. Foi inesperado, todo mundo estava se divertido. A gente estava olhando eles brincando, foi de repente. Não tem lógica uma pessoa separar uma briga de criança desse jeito. O corte foi profundo, mas graças a Deus ele está bem”, disse a tia da criança, Jeane Machado. 

A criança foi socorrida imediatamente e as pessoas que presenciaram a ação fotografou a agressora. A foto foi repassada para a família. "Ela estava com uma amiga, não negou o fato, mas disse que agiu por impulso. Minha irmã já contratou um advogado para cuidar do caso. Ela conseguiu fugir antes que a polícia chegasse", relatou a tia. 


Imagem: reprodução/Facebook

Na mesma postagem, a mãe da criança também lamentou e disse que o filho estava brincando, com outras crianças, e de costas quando foi surpreendido com o ataque: “Uma pessoa idiota, maluca, doida, que pegou uma garrafa de cerveja e jogou na cabeça do meu filho quando o mesmo estava de costas numa brincadeira entre crianças. Uma criatura covarde que nem parece ser mãe. Agradeço muito a Deus por não ter acontecido algo pior com meu filho, pois a garrafa ficou estraçalhada. Quem é mãe pode imaginar o que sinto neste momento, ainda em estado de choque!!”. Em outra postagem, a mãe fez um relato do que ocorreu. Veja:

 

 


Carlienne Carpaso
carliene@cidadeverde.com