Cidadeverde.com
Política

Lázaro do Piauí diz que doará parte do seu salário, caso seja eleito

Imprimir

O prefeito Elmano Férrer sancionou as leis municipais Nº 4.300 e Nº 4.301 com os salários dos agentes políticos municipais (Prefeito, vice-prefeito, secretários vereador e presidente da Câmara de Vereadores). O salário de prefeito teve um aumento de R$ 4,5 mil.


A medida revoltou muita gente, inclusive o candidato a vice-prefeito de Teresina, Lázaro do Piauí, que é contrário ao aumento. “Em uma cidade que sofre com falta de recursos para coisas básicas, como saúde, educação e transportes, é uma absurdo termos um reajuste tão alto para uma classe que já ganha tanto. O justo mesmo seria que parlamentares e prefeito ganhassem menos que um professor”, ressalta.


Lázaro vai ainda mais longe e garante que dará o exemplo caso seja eleito vice-prefeito de Teresina. “Desde já eu me comprometo a doar parte do meu salário para instituições sociais e espero que minha iniciativa seja abraçada por mais gente!”, completou.


Confira os novos valores a partir de 2013, em Teresina:


Prefeito: R$ 16.574,02
Vice: R$ 13.259,22
Secretários: R$ 9.944,41
Presidente da Câmara: R$ 16.574,02
Vereador: R$ 15.031,76


Da Redação
[email protected]

Imprimir