Cidadeverde.com
Geral

Droga era distribuída por “tirolesa” em grotão na Jerusalém

Imprimir
Ao realizar o fechamento das trilhas feitas por traficantes e usuários de drogas no matagal que divide as Vilas Jerusalém e da Paz, conhecido como grotão, a polícia descobriu uma corda e duas cadeiras que eram utilizadas para distribuir a droga pelos 60 metros de extensão e os 19 pontos de venda e consumo do local.  

“Funcionava como uma espécie de tirolesa, que levava a droga para baixo através das cordas. Já que eles usavam o grotão com verdadeiras moradias com colchões, para consumir drogas”, destacou o comandante do 6º Batalhão, major Teixeira. 

Durante a operação Semana Santa em Jerusalém, a polícia fechou todas as trilhas para dificultar o acesso de usuários e traficantes dentro do grotão. No local foram encontrados colchões, cachimbos de fumar crack, além de trilhas feitas pelos usuários e traficantes mata a dentro. 

30 pontos de drogas na Vila Jerusalém

Desde o início da ocupação da Polícia na Vila Jerusalém, no bairro Redenção, zona Sul de Teresina, os militares já estouraram pelo menos 30 pontos de drogas que serviam de venda e de consumo, principalmente em um matagal próximo à avenida Palmares, que divide a Vila Jerusalém da Vila da Paz. 

Somente nesta terça-feira(26), com a poda de mais árvores no matagal, a polícia encontrou mais oito pontos de consumo. “No início conseguimos estourar cinco bocas de fumo grandes e mais 17 pequenos pontos. Hoje, com a ajuda da Superintendência de Desenvolvimento Urbano Sul, encontramos mais oito nesta manhã, dentro do grotão”, explicou o comandante do 6º Batalhão. 

Até domingo, 30 militares realizam a Operação Semana Santa em Jerusalém onde irão fazer abordagens a todos que passarem pela avenida Palmares e adjacências para continuar combatendo a criminalidade e o tráfico de drogas da região. 


Caroline Oliveira
Imprimir