Cidadeverde.com
Cidades

Médico orienta paciente com quadro de AVC a "comer arroz e feijão"

Imprimir
O vereador Joaquim Filho (PTB) denuncia o mau atendimento no Hospital Regional Eustáquio Portela, em Valença. A situação foi relatada durante audiência na Câmara, nesta segunda-feira (18).

Para explicar a denúncia, o parlamentar conta o episódio ocorrido no último final de semana com o ex-vereador Antenor Inácio. O paciente teria dado entrado no hospital no último sábado (16), com fortes dores na cabeça e desmaio. 

Ex-vereador Antenor Inácio

"No atendimento, o médico se limitou a aplicar uma injeção de dipirona e mandou o ex-vereador ir embora comer arroz, feijão e carne. Como os sintomas continuavam o ex-vereador, com recursos próprios, foi para Teresina e diagnosticado um AVC hemorrágico, sendo operado imediatamente", relata Filho. 

O vereador caracteriza o episódio como negligência médica e administrativa e conta que, além do mau atendimento, no hospital pode ser constatado a falta de medicamentos entre outros problemas. 

"No hospital tem excesso de serviços prestados e médicos que recebem sem trabalhar. É preciso denunciar a caixa-preta do hospital porque a maioria da população não dispõe de dinheiro como o ex-vereador Antenor Inácio para se tratar em Teresina", denuncia o parlamentar.

De acordo com familiares, mesmo após procedimento cirúrgico, o estado de saúde do ex-vereador é gravíssimo. O Cidadadeverde.com tentou entrar em contato com o diretor do Hospital Regional Eustáquio Portela, Jarbas Matias, mas foi informado que o mesmo estaria viajando. Demais responsáveis pela administração do hospital não quiseram se pronunciar sobre o caso. 


Graciane Sousa (Especial para o Cidadeverde.com)
gracianesousa@cidadeverde.com
Com informações Portalv1
Imprimir