Cidadeverde.com
Geral

Direção da Casa de Custódia nega mortes e feridos em rebelião

Imprimir
  • 20151214073158.jpg Wilson Filho/ Cidadeverde.com
  • 20151214073158_(1).jpg Wilson Filho/ Cidadeverde.com
  • custodia1.jpg Carliene Carpaso
  • custodia3.jpg Carliene Carpaso
  • custodia4.jpg Carliene Carpaso
  • 20151214043644_(2).jpg Carliene Carpaso
  • 20151214043644_(1).jpg Carliene Carpaso
  • 20151214043644_(4).jpg Carliene Carpaso
  • 20151214043644_(3).jpg Carliene Carpaso
  • 20151214043645_(1).jpg Carliene Carpaso
  • 20151214043644.jpg Carliene Carpaso
  • 20151214044138.jpg Carliene Carpaso
  • 20151214043645.jpg Wilson Filho/ Cidadeverde.com
  • 20151214044534.jpg Wilson Filho/ Cidadeverde.com
  • 20151214044147.jpg Wilson Filho/ Cidadeverde.com
  • 20151214044543_(1).jpg Wilson Filho/ Cidadeverde.com
  • 20151214044535.jpg Wilson Filho/ Cidadeverde.com
  • 20151214044604.jpg Wilson Filho/ Cidadeverde.com
  • 20151214044603.jpg Wilson Filho/ Cidadeverde.com
  • 20151214044543.jpg Wilson Filho/ Cidadeverde.com
  • 20151214044631.jpg Wilson Filho/ Cidadeverde.com
  • 20151214044613.jpg Wilson Filho/ Cidadeverde.com
  • 20151214044749_(1).jpg Carliene Carpaso
  • 20151214044632.jpg Wilson Filho/ Cidadeverde.com
  • 20151214044750.jpg Carliene Carpaso
  • 20151214044749.jpg Carliene Carpaso
  • 20151214044751.jpg Carliene Carpaso
  • 20151214044751_(1).jpg Carliene Carpaso
  • reb15.jpg Wilson Filho/ Cidadeverde.com
  • reb14.jpg Wilson Filho/ Cidadeverde.com
  • reb13.jpg Wilson Filho/ Cidadeverde.com
  • reb12.jpg Wilson Filho/ Cidadeverde.com
  • reb11.jpg Wilson Filho/ Cidadeverde.com
  • reb10.jpg Wilson Filho/ Cidadeverde.com
  • reb9.jpg Wilson Filho/ Cidadeverde.com
  • reb8.jpg Wilson Filho/ Cidadeverde.com
  • reb7.jpg Wilson Filho/ Cidadeverde.com
  • reb6.jpg Wilson Filho/ Cidadeverde.com
  • reb5.jpg Wilson Filho/ Cidadeverde.com
  • reb4.jpg Wilson Filho/ Cidadeverde.com
  • reb3.jpg Wilson Filho/ Cidadeverde.com
  • reb2.jpg Wilson Filho/ Cidadeverde.com
  • reb1.jpg Wilson Filho/ Cidadeverde.com

Após 10 horas, a Polícia Militar e agentes penitenciários controlaram a rebelião na Casa de Custódia de Teresina. O motim começou ainda na madrugada, por volta das 4h, e só terminou ao meio-dia desta segunda-feira (14). Em entrevista à TV Cidade Verde, o diretor do presídio, Denio Marinho, garantiu que não houve mortes e que apenas dois presos precisaram de atendimento médico.

"Estão repassando informações falsas aos familiares. Só tivemos dois presos feridos, um por que inalou fumaça e o outro que feriu o pé", disse o diretor.

Por volta das 14h, a direção do presídio liberou água e alimentação aos detentos. Os quinze presos que estavam fora do presídio já estão de volta à Casa de Custódia. Segundo o diretor, todos os rebelados estão em cela custodiados pela tropa de choque da Polícia Militar.

"A tropa de choque está dentro da unidade para manter a ordem. Liberamos água e alimentação. Todos os presos já estão na cela", declarou.

Do lado de fora, advogados da Comissão de Direitos Humanos da OAB tentavam acalmar familiares, que chegaram a interromper por vários momentos o tráfego na BR-316.

A rebelião teve início por volta das 4h no pavilhão H. Lá estavam 102 presos que logo se juntaram a outros 876, resultando na tomada de todos os pavilhões da Casa de Custódia. Eles  quebraram acessos e atearam fogo em colchões e tecidos. 

Hérlon Moraes
[email protected]

Imprimir