Cidadeverde.com
Esporte

Ronaldinho estréia bem, mas Milan perde no Italiano

Imprimir
A expectativa era das maiores. Ronaldinho e Milan estreavam no Campeonato Italiano com o desejo de esquecer rapidamente a temporada 2007/2008. Apesar do aparente desentrosamento, o brasileiro esteve bem. Chamou o jogo para si, mostrou sua habilidade em inúmeros lances e ainda fez o cruzamento para gol de Ambrosini. Apesar disso, não evitou a surpreendente derrota diante do recém-promovido Bologna por 2 a 1, em pleno estádio San Siro.


O resultado não era o esperado nesse começo de competição e ainda mantém vivo a péssima imagem deixada no último Italiano, quando falhou na reta final e ficou apenas com uma vaga na Copa da Uefa. Por isso, foi um dos clubes que mais investiu. Trouxe, entre outros jogadores, o ucraniano Shevchenko, que voltou ao time após duas temporadas sem sucesso no Chelsea.

Já Ronaldinho também teve um desempenho pífio pelo Barcelona em 2007/2008 --atuou 25 vezes e marcou somente nove gols, sendo sua pior temporada no futebol europeu. Também naufragou junto com a seleção olímpica. Considerado o principal jogador do time de Dunga, ele não conseguiu voltar com o tão sonhado ouro e precisou se contentar com a "modesta" medalha de bronze em Pequim.

Por isso, era o centro das atenções nessa primeira rodada. Tocou pouco na bola até aos 10min do primeiro tempo. E ainda viu o Bologna, dos brasileiros Adaílton e Coelho, abrir o marcador, aos 18min, com Di Vaio, que bateu cruzado após troca de passes pela direita. 1 a 0. Após isso, o brasileiro se soltou em campo.

Arriscou alguns chutes, sem muito perigo, e até uma cabeçada. Também mostrou qualidade em um lançamento para Inzaghi. Até que, aos 42min, deu cruzamento para o gol de Ambrosini. Melhorou ainda mais no início da etapa final, com jogadas de habilidade, chutes para o gol e alguns cruzamentos, principalmente para Shevchenko.

O Milan parecia melhor em campo, mas mostrava falta de entrosamento entre seus principais jogadores. Não bastasse isso, Valiani arriscou um chute de fora da área, aos 33min da etapa final, e selou a vitória dos visitantes. Os brasileiros Emerson e Alexandre Pato, que começaram na reservas, também entraram em campo pelo time de Milão.


Tags:
Imprimir