Cidadeverde.com
Geral

Polícia leva suspeito e testemunha do assalto a Mariano Marques para Central de Flagrantes

Imprimir


Foto: Cidadeverde.com

Atualizada às 13h47

Policias da Força Tática do 1º Batalhão levaram agora há pouco dois flanelinhas para a Central de Flagrantes, suspeitos do assalto ao apresentador Mariano Marques, ocorrido no sábado (21).

O coronel John Feitosa, relações pública da Policia Militar do Piauí, informou ao Cidadeverde.com que as duas pessoas presas estavam no Centro.

“Uma testemunha e um suspeito foram conduzidos agora para a Central de Flagrantes. A Polícia está checando todos os dados”, disse coronel John Feitosa. 

O Major Adão Soares, subcomandante do 1º BPM disse que uma das testemunhas contou que viu o flanelinha correndo no último sábado minutos após o crime.

"Esfaqueei porquê tentei fazer uma parada e não deu certo. Essa parada não sabemos dizer o que é. O caso ainda é um quebra-cabeça", afirmou o major.

Ambos serão ouvidos pelo delegado da Centrral de Flagrantes e em seguida devem ser conduzidos para a Polícia Civil.

Matéria original

O secretário de segurança pública, Fábio Abreu, informou ao Cidadeverde.com que o ataque ao apresentador de TV Mariano Marques será investigado como crime de gênero, ainda com possível motivação passional. Segundo ele, o suspeito poderia ter certa proximidade com o apresentador. A delegada Anamelka Cadena está responsável pelo caso. 

Segundo ela, o caso ainda não tem uma linha de investigação única, mas a perspectiva de gênero deverá ser observada.

"A vítima tem um jeito bastante extrovertido, animado, que pode ter motivado alguém a um comportamento de ódio, por sentir um certo incômodo com isso, então não podemos descartar nada, inclusive da tentativa de latrocínio", explicou. 

Ela destacou que a família do apresentador reforça a tese de assalto seguido de tentativa de homicídio, o que também será apurado. A delegada disse que ainda na tarde de hoje (23) tentará conversar com o apresentador, cujo depoimento será "crucial" para a resolução do caso. 

"Não podemos revitimizar alguém que passou por algo assim, temos que ter sensibilidade, mas as primeiras horas e os primeiros dias sempre são importantíssimos, temos que acelerar a apuração respeitando a vítima", destacou. 

Anamelka informou que a equipe de investigação do caso buscará imagens de câmeras de segurança na região onde o crime aconteceu. 

O crime

O apresentador foi esfaqueado no começo da noite de sábado (22) após reagir a uma suposta tentativa de assalto na Praça do Liceu, Centro de Teresina. Até agora ninguém foi preso. Apenas a carteira do apresentador foi levada pelos bandidos. Ele foi esfaqueado nos dois braços e passou por cirurgia. Por volta das 11h deve sair o primeiro boletim médico com o estado de saúde de Mariano Marques.

O apresentador de TV Mariano Marques ainda não tem previsão de alta do hospital, mas já conversa com tranquilidade e chegou a falar sobre o ocorrido. O jornalista Tarcísio Carvalho, amigo de Mariano e assessor de imprensa, diz que o quadro é estável e a família aguarda novo boletim médico. 

 

Maria Romero
[email protected]

Imprimir