Cidadeverde.com
Política

Após embate, projeto de lei dos impostos é aprovado na CCJ

Imprimir
  • f2fbf544-051a-46d0-86d8-71ff1d2550b3.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • da61554f-a083-4f2d-b735-0183989821e1.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • d43e171c-42d3-42d1-b76a-faa8ccbb1da0.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • cbf748a4-fbb9-4f33-bec5-46bff6117c68.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • c7d57bbe-e884-441a-87b3-fae1480c5a15.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • bd869163-1b13-4ebb-87fe-1b9827cc4753.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • b810cc19-0401-48cb-8b27-3ed2eef806cb.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • b7c49633-c21d-4ab9-becd-e5b92f71f8b2.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • b4cbebd8-428a-403a-a6aa-bea7b6d5643b.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • b1d993f9-7f45-4a62-bd1b-b3f918d64c2b.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • aae75067-e67d-4c09-9abf-9f48110077db.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • 64205157-ed1f-4423-8d3d-badb1c28af45.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • 7675d510-3ed5-4b34-ba69-dd7b3cadce45.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • 513a7e21-b95a-4d28-bdaf-5b09defab5c3.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • 98b1113b-b259-4b20-956f-cad6a3843ce4.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • 67fc4ed1-b100-46d7-80d3-e286244dbe7b.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • 054df910-9547-4df7-a044-1544a476be4d.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • 10e6d660-351c-4ba9-9805-45f202e34e52.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • 9da5697d-eb90-42f0-8aec-eadaa9b2b642.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • 4a0495b8-2d24-4b04-92b0-2078f231bf87.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • 2fd04683-bc11-4991-ae5d-acf8164ed381.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • 64272d3c-2b2d-43b3-b0c2-6e9ea9f9612c.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • 0f87a74c-a012-46b7-b0ab-70bcb085d3f1.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • f64f95cc-450d-41a1-a5fa-f3f107677de1.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • f3f9461b-cedd-4fbf-8347-6bbe8bf8c028.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • e16ace7b-9538-4ddb-a3de-4abd5aaa8c64.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • 9707061a-062c-4ce2-96c3-1fca3b1ff6fc.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • 6007effb-4b8e-4f40-9531-72d1976b783d.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • 5554f968-c848-4c78-ad45-c72760cf5441.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • 688b0e25-cd53-4a9a-bedd-8028e6cb3cfc.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • 657f520e-d49b-4476-a1f4-a56bfc3fd694.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • 79d24af3-87b1-44ee-beeb-ed9a13b19b8e.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • 7ecf89c7-eb22-4331-967c-239132c82340.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • 0eb74dd9-e003-421c-9ddf-6fc13bfc4988.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • empresariosss.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • empesarios.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com

Atualizada às 10h28

Por quatro votos a dois, o projeto do executivo estadual foi aprovado na CCJ. Edson Ferreira, Aluísio Martins e João Madison acompanharam o voto do relator, Fernando Monteiro. Firmino Paulo e Gustavo Neiva votaram contra a matéria.

Apesar do tumulto inicial com os empresários, a sessão foi tranquila e rápida. Os deputados discutiram de forma pacífica e depois a matéria foi colocada em votação sem maiores embates e foi aprovada.  

Evaldo Gomes comunicou que agora o projeto segue para a Comissão de Finanças, quando na semana que vem deve ser discutido. "Logo após irá para o plenário, para ser discutido e votado".

Atualizada às 10h

A reunião na Comissão de Constituição e Justiça pra discutir o projeto do governo estadual que prevê aumento de impostos começou por volta das 10h. Os deputados da oposição foram os primeiros a terem a fala facultada e se pronunciaram contra a proposta. Alguns deram sugestões de alteração na proposta.

O deputado Robert Rios (PDT) destacou que até deputados da base já se deram conta de o quanto o projeto é nocivo para o povo do Piauí. "Tanto que os deputados do PP já se pronunciaram anunciando que iam votar contra", observou. 

O deputado Rubem Martins pediu para que fosse retirado da proposta o item que aumenta o imposto sobre os combustíveis. "Porque já houve aumento da ANP e o aumento afetaria muito o povo. Acho que isso pacificava todas as questões e era mais fácil de a gente amadurecer a aprovação desse projeto". 

Gustavo Neiva (PSB) fez um apelo para que "o governo faça sua parte" e disse que ia continuar contra o projeto. "O governo não quer cortar na carne, não quer conter as despesas e quem vai ser penalizada é a população".

 

Lyza Freitas 
redacao@cidadeverde.com

Imprimir