Cidadeverde.com
Política

Governo lidera comissões na Assembleia e oposição tem pouco espaço

Imprimir

 

Depois de mais de dois meses da abertura do Ano Legislativo, enfim as comissões técnicas da Assembleia Legislativa do Estado forma montadas e devem começar a funcionar. A definição ocorreu na manhã desta terça-feira (20) depois de reunião entre o presidente da Casa,  deputado Themístocles Filho (MDB), e os líderes dos partidos. 

A única comissão que já está em funcionamento é a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), que tem como presidente o deputado João Madison (MDB). Ela é considera a principal comissão da Assembleia e o governo trabalhou para que o comando ficasse com um aliado. 

Em ano eleitoral, o governo ficou com o comando das principais comissões. A estratégia é evitar que a oposição possa atrapalhar a votação de matérias consideradas importantes. Depois da CCJ, a Comissão de Administração será presidida pela deputada Liziê Coelho, que é do PTB, mas está a caminho do MDB.

A estratégia do governo é acelerar a votação dos projetos importantes para o primeiro semestre de 2018. Como a maioria dos deputados sairá candidato em outubro, a expectativa é que depois de junho as sessões fiquem esvaziadas. 

A base governista ficará no comando das comissões de Infraestrutura, que terá como presidente Severo Eulálio. A comissão de Finanças terá como presidente o deputado Wilson Brandão, que anunciou recentemente adesão oficial à base do governador Wellington Dias (PT).  

A oposição ficou com comissões de menor envergadura. O deputado Marden Menezes (PSDB) comandará a comissão de Direitos Humanos e Firmino Paulo na Defesa do Consumidor. 

 

Lídia Brito
redação@cidadeverde.com

Imprimir