Cidadeverde.com
Geral

Suspeito de matar gari no Frei Damião é preso com a arma do crime

Imprimir


Vítima foi assassinada nesta via pública na zona Sudeste de Teresina. 

O suspeito de participar da morte do gari, Manoel Macedo de Sousa Silva, foi preso na manhã desta terça-feira (12) pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Ele foi identificado como Júlio César Rodrigues Filho, conhecido como “Dudu”. A prisão ocorreu por volta das 9h30 na Vila Bandeirantes, zona Leste de Teresina. 

No momento da prisão, Júlio César foi encontrado com um revólver calibre 38 com cinco munições. 

De acordo com o delegado Jarbas Lima, “após a prisão Júlio César confirmou ser o autor do homicídio de Manoel e que a arma apreendida se tratava da mesma arma utilizada no crime”. 

O homicídio ocorreu no dia 20 de fevereiro de 2018, por volta das 19h15, no Residencial Frei Damião, zona Sudeste de Teresina. 

“Na data do fato Manoel, teria dito para sua esposa que iria tirar satisfação com indivíduo   Jorge Luís do Nascimento Silva, amigo de Júlio César, por conta de uma rixa existente entre eles, que Jorge ao tomar conhecimento desse fato, contou para Júlio César, momento em que este lhe entregou um revólver calibre 38. Chegando ao local, a vítima foi rendida por JORGE, entretanto, Júlio César ao perceber que Jorge estava exitante, tomou a arma deste e executou a vítima com três disparos”, informou a DHPP. 
 
O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa disponibiliza o número 181 para denúncias anônimas.


Arma usada no crime foi encontrada com o suspeito (Foto: Polícia Civil do Piauí)


Preso suspeito de matar gari em feveireiro de 2018 (Foto: Polícia Civil do Piauí)
 

Carlienne Carpaso
Com informações da DHPP
redacao@cidadeverde.com 

Imprimir