Cidadeverde.com
Geral

Hemodinâmica do HGV amplia atendimentos

Imprimir

O Serviço de Hemodinâmica do Hospital Getúlio (HGV) ampliou o atendimento em 50% de janeiro a julho deste ano, em relação ao mesmo período do ano passado. Uma média de 40 procedimentos estão sendo realizados por mês. Para o coordenador da neurocirurgia do HGV, Arquimedes Cavalcante, a ampliação deve-se ao incremento realizado pela Fundação Piauiense de Serviços Hospitalares (FEPISERH), que gerencia o HGV desde janeiro de 2018.

Segundo Cavalcante, o aumento se deve à contratação de mais três cirurgiões endovasculares. "O que possibilitou incremento na realização de procedimentos e um melhor gerenciamento nos leitos da Clínica Neurológica e na Unidade de Terapia Intensiva (UTI)", explica o neurocirurgião.

Ele destaca que o Serviço de Hemodinâmica do HGV realiza procedimentos endovasculares nas áreas de Neurologia, Vascular e Cardiologia. "A equipe de atendimento conta com neurocirurgiões, cirurgiões vasculares/ endovasculares, cardiologistas, tecnólogos, enfermeiros e técnicos de enfermagem, além do pessoal administrativo".

Neste sábado, o Serviço está realizando duas embolizações de aneurisma cerebral e duas angiografias. Ele diz que esses são procedimentos endovasculares de alta complexidade, em que são atendidos tanto pacientes do Ambulatório Integrado do próprio HGV quanto de outros hospitais. "Nossa perspectiva é ampliar cada vez mais o serviço para a população que depende do Sistema Único de Saúde (SUS)", enfatiza o coordenador.

Para a diretora-geral do HGV, Fátima Garcêz, o fortalecimento do setor de Hemodinâmica está na lista de prioridades da FEPISERH. "Sabemos que o serviço proporciona uma rápida recuperação do paciente e redução de sequelas, sem que seja necessário uma cirurgia invasiva. Por isso mesmo, estaremos empenhados em potencializar o atendimento, que atualmente está altamente qualificado em recursos humanos e tecnológicos", destaca a gestora.

Da Redação
redacao@cidadeverde.com

Tags: HGV
Imprimir