Cidadeverde.com
Geral

Incêndio de grandes proporções atinge terrenos e destrói casa na Socopo

Imprimir
  • incendio8.jpg Catarina Malheiros
  • incendio7.jpg Catarina Malheiros
  • incendio6.jpg Catarina Malheiros
  • incendio5.jpg Catarina Malheiros
  • incendio4.jpg Catarina Malheiros
  • incendio3.jpg Catarina Malheiros
  • incendio2.jpg Catarina Malheiros
  • incendio1.jpg Catarina Malheiros
  • fogo8.jpg Catarina Malheiros
  • fogo7.jpg Catarina Malheiros
  • fogo6.jpg Catarina Malheiros
  • fogo5.jpg Catarina Malheiros
  • fogo4.jpg Catarina Malheiros
  • fogo3.jpg Catarina Malheiros
  • fogo2.jpg Catarina Malheiros
  • fogo1.jpg Catarina Malheiros

Atualizada às 16h57

Um incêndio de grandes proporções atingiu o bairro Socopo, na zona Leste de Teresina, nesta terça-feira (9). O Corpo de Bombeiros informou que o fogo estava tomando conta do matagal nas proximidades de algumas residências e do condominio Aldebaran. O fogo começou por volta de 12h, de acordo com alguns moradores. 

Os bombeiros foram ao local e informaram que as chamas estavam sendo controladas em algumas partes, mas por causa do vento, acabam se alastrando para outras regiões.  

A empregada doméstica Rosa Celina da Silva, quase teve a casa destruída pelo fogo. Os vizinhos conseguiram jogar água ao redor da casa, impedindo que o fogo tomasse de conta, mas a sacada acabou sendo incendiada e toda a mata ao redor da residência pegou fogo.

A mesma sorte não teve a família do lavrador Francisco Lima. Eles moravam em uma casa de palha totalmente destruída pelas chamas. Os bombeiros afirmaram que a equipe não conseguiu chegar ao local da casa com a viatura para conter as chamas, porque o fogo já estava muito alto. De acordo com o Corpo de Bombeiros, por volta das 16h, as chamas foram controladas na região. 

O lavrador e proprietário, Francisco Lima, falou que quando chegou em casa, o fogo já tinha destruído absolutamente tudo. Ele morava com a mulher e um filho no local e perdeu três geladeiras, três camas, dois guarda roupas, televisão, todas as roupas e alimentos e o restante dos pertences da família. 

“Agora não tem mais nada que eu possa fazer. Eu vou morar em um casa que meu filho estava construindo perto. É o jeito”, lamentou Francisco. 

A suspeita, de acordo com os Bombeiros e Francisco, é que o fogo tenha começado por volta de meio-dia em um matagal onde comumente é jogado lixo e entulho, por empregados de uma empresa que trabalha nas construções de casas de um condomínio da região.

O tenente Arnaldo, do Corpo de Bombeiros, falou que a informação apurada é que pessoas chegam em uma caçamba, jogam restos de materiais no local, depois tocam fogo e vão embora e que isso acontece comumente.  

“Tocaram fogo e foram embora. Eles procuram áreas povoadas para jogar lixo, isso para diminuir despesas, não se preocupam em alugar caixas de entulhos e acabam criando um espécie de lixão, como é o caso, e ainda tocam fogo. A consequência é essa, devastadora”, falou o tenente.

Lyza Freitas (Do Local)
redacao@cidadeverde.com

Imprimir