Cidadeverde.com
Esporte

Jogador Sassá é suspenso por seis jogos por briga em Cruzeiro x Palmeiras

Imprimir

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O atacante Sassá, do Cruzeiro, pegou seis jogos de suspensão em consequência da briga após a partida entre o time mineiro e o Palmeiras, no Mineirão, pela semifinal da Copa do Brasil.

Reprodução / Fox Sports - Sassá acertou um soco em Mayke, do Palmeiras e pegou seis jogos de suspensão 

Sassá recebeu cartão vermelho por ser um dos protagonistas da confusão que envolveu titulares e reservas do confronto. O centroavante foi flagrado dando um soco no rosto de Mayke, do Palmeiras.

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva julgou os envolvidos nesta quinta-feira (11) e também puniu dois atletas do clube alviverde. Os laterais Mayke e Diogo Barbosa pegaram dois jogos de suspensão.

No julgamento, a suspensão de Mayke por quatro jogos, que seria a pena mínima, recebeu três votos, contra dois votos de suspensão por seis jogos. Todos concordaram, no entanto, que o gancho deveria ser reduzido pela metade porque o lateral do Palmeiras não atingiu nenhum adversário na confusão.

Diogo Barbosa também foi suspenso por dois jogos. Chegou-se a discutir se o lateral deveria ser julgado por agressão e, por maioria, o gancho foi o mesmo de Mayke. Como o clube já está fora da Copa do Brasil, a dupla fica indisponível nas duas próximas rodadas do Campeonato Brasileiro.

O Palmeiras foi multado em R$ 50 mil por unanimidade como punição pelo confronto de sua torcida com a polícia ao fim da partida.

Pelo lado do Cruzeiro, Sassá pegou seis jogos de gancho, também por unanimidade. Com isso, o centroavante cumpre suspensão na partida de volta da final da Copa do Brasil, contra o Corinthians, e em quatro compromissos válidos pelo Brasileirão. O jogador já está indisponível para o duelo com o Vasco, neste domingo.

Tanto Palmeiras quanto Cruzeiro ainda podem recorrer das penas no Pleno do STJD.

Imprimir