Cidadeverde.com
Esporte

Scarpa para por três semanas por "tesoura" de rival; Palmeiras prepara queixa

Imprimir

Gustavo Scarpa pode ser desfalque do Palmeiras por até três semanas depois de sofrer uma entrada violenta no jogo da última segunda-feira contra o Bragantino.

O meia tomou uma tesoura por trás e o defensor nem advertido verbalmente foi. O clube irá à Federação Paulista de Futebol para prestar queixas.

Ele perdeu alguns treinos durante esta semana e, na última quarta-feira, não resistiu às dores no tornozelo esquerdo após fazer testes com a chuteira e precisou deixar o gramado.

Logo após a entrada, Scarpa reclamou bastante e chegou até a empurrar seu adversário, ainda no chão. 

O meia saiu de maca, mostrou bastante dor ao ser atendido pelos médicos, mas continuou no gramado. Depois das dores no último treino, ele passou por exames de imagem e ficou constatada uma inflamação, mas sem a necessidade de cirurgia.

Ainda rompido com a FPF, o Palmeiras irá à entidade para relatar que as partidas têm apresentado um alto índice de violência, com a conivência da arbitragem. Contra o Oeste, Edu Dracena sofreu uma voadora e o adversário também não foi punido com a expulsão.

Na ocasião, o Alviverde também protocolou reclamações na FPF e recebeu uma resposta positiva da entidade, admitindo que a arbitragem errou no procedimento.

Ainda contra o Bragantino, Borja sofreu uma entrada dura no joelho e também precisa de atenção especial. Nos últimos dias, o atacante passou por um procedimento simples para tirar líquidos do joelho que ficou inflamado.

Nos últimos dois anos, Moisés precisou passar por operação por conta de entradas duras no Paulista. Ele precisa de tratamento especial durante toda a temporada por conta das cirurgias e isso o acompanhará pelo resto da carreira.

O Palmeiras enfrenta a Ferroviária neste domingo, naquele jogo que será a primeira transmissão da TV Globo em 2019. O time escalado por Luiz Felipe Scolari deve ser o considerado titular. Este será o último teste palmeirense antes de mais um clássico na temporada, contra o Santos, às 19h do dia 23.

DANILO LAVIERI
SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS)

Imprimir