Cidadeverde.com
Geral

Construtora não entrega canal do Matadouro e é notificada

Imprimir

O Programa Lagoas do Norte notificou a empresa responsável pela obra do canal do Matadouro, construção de grande importância para a melhoria na drenagem e urbanização da região. O prazo de execução da obra finalizou em dezembro, sem que a terceira e última etapa fosse concluída. O PLN, então, advertiu a construtora em várias oportunidades e emitiu uma notificação para que a empresa deixe o canteiro de obras e apresente as razões do atraso. 

O valor total do projeto é R$ 4.362.734,53. Durante a execução da obra, o Programa Lagoas do Norte fez os pagamentos de acordo com o que foi executado e medido. A empresa recebeu os valores destinados após cada medição no decorrer da obra. 

“A empresa atrasou muito a execução da obra, atingindo o prazo máximo sem ter concluído. Por isso, o Lagoas do Norte decidiu tomar as providências cabíveis. A obra precisa ser finalizada e estamos trabalhando nesse sentido. Os valores para essa continuidade estão assegurados”, afirma Leonardo Madeira, diretor executivo do Programa Lagoas do Norte.

O projeto contempla a requalificação ambiental e urbana do canal e está dividido em três etapas. A primeira é o esgotamento sanitário na Vila Santo Afonso, que foi concluída. Agora, todo o esgoto das residências deve ser encaminhado para essa rede e daí ter o destino correto. 

A segunda etapa trata da drenagem no fundo de lotes no Matadouro, com a eliminação de focos de doenças, também concluída. Já a terceira etapa, que seria a requalificação urbana e ambiental do canal propriamente dito, não foi concluída.

Editais em andamento

Ainda segundo Leonardo Madeira, o Lagoas do Norte tem, atualmente, mais dois editais de obras em andamento. Um deles trata da urbanização e requalificação urbana e ambiental da lagoa do São Joaquim e parte das lagoas do Mazerine, dos Oleiros e da Piçarreira. A licitação está em andamento e a obra está orçada em cerca de R$ 20 milhões.

O outro edital é referente à requalificação urbana e ambiental da rua Manoel Aguiar, no trecho entre as ruas Raimundo Pereira Carvalho e Roland Jacob, além de parte da lagoa dos Oleiros. Esta obra está orçada em cerca de R$ 10 milhões e a empresa licitada já assinou o contrato. 

 

redacao@cidadeverde.com

Imprimir