Cidadeverde.com
Geral

Alça da Ponte Wall Ferraz segue interditada após rachadura

Imprimir

Fotos: Roberta Aline/Cidadeverde.com

Atualizada às 11h37

A Semduh fez um reparo superficial na fissura na manhã de hoje. A medida emergencial é para evitar  infiltração de água no local.

A Superintendência de Desenvolvimento Urbano- Sdu Leste aguarda o volume  de água do rio Poti baixar mais para fazer obra e fechar a rachadura. 

A liberação do trecho ficará a cargo da SDU. Ainda não há previsão para as faixas serem liberadas. 

Matéria original

A alça da Ponte Wall Ferraz, em Teresina, que apresentou uma fissura com a elevação do Rio Poti após as fortes chuvas, permanece interditada. Segundo Daniel Pereira, coordenador de asfaltamento da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Semduh), o trecho está sendo monitorado para futuros reparos. 

"A elevação do nível do rio acabou causando algumas erosões nas encostas, nos taludes das avenidas que o margeiam. Houve a elevação do rio e quando baixou, houve essa fissura na alça. Por precaução, a prefeitura fez o isolamento. Começamos a analisar ontem e estamos monitorando como está indo a evolução da fissura", disse Pereira. 

Ele explica que o trecho permanecerá interditado nesta segunda-feira (08). 

"Hoje continuará interditado até a gente ter um posicionamento. Provavelmente não dê pra gente fazer intervenção, por enquanto. Estamos aguardando a baixa do rio para ver exatamente que tipo de impacto trouxe nas laterais para saber que tipo de solução de engenharia será dada àquele problema", completou o coordenador de asfaltamento da Semduh. 

Graciane Sousa
[email protected]
Com informações Notícia da Manhã

 

Imprimir