Cidadeverde.com
Geral

DER diz que obra de duplicação das BRs deve retornar em julho; conclusão prevista para 2020

Imprimir

Foto: Cidadeverde.com

BR-343 trecho que deverá ser duplicado na entrada de Teresina

As obras de duplicação das BRs 316 e 343 devem ser retomadas nas próximas semanas e permanecerão sob gestão do Departamento de Estradas de Rodagens (DER), do governo do Estado. A previsão dada pelo departamento estadual, em audiência pública, nesta quarta-feira (05), na Alepi, é que as duplicações sejam concluídas até o fim do primeiro semestre de 2020.

As empresas que realizavam as obras rescindiram os contratos e duas empresas classificadas na licitação vão assumir as duplicações. Na BR-316, a construtora Hidros deve assumir a execução e na BR-343, a construtora Jurema.

De acordo com o DER, as duplicações estão avaliadas em R$ 110 milhões, R$ 76 milhões assegurados pelo BNDES (R$13 milhões em conta e R$ 61 milhões após prestação de contas da primeira parcela).  

Segundo Castro Neto, o trecho mais desgastado da BR-316 será priorizado com a retomada das obras. "Vamos dispor os recursos que já temos em conta e assim que for dada a ordem de serviço, voltar com a retomada das obras", garantiu.

Roberta Aline/Cidadeverde.com

O superintendente do DNIT, Ribamar Bastos, lamentou que a obra tenha sido adiada, mais de uma vez. No final de 2018 foi feita a terceira prorrogação do convênio, firmado em 2012, que estende até dezembro de 2020 a gestão da obra ao governo do Estado.

O DNIT não poderá assumir a obra nos trechos geridos pelo governo estadual. "O convênio encontra-se vigente e não podemos investir nenhum recurso nesses dois segmentos que estão a cargo do Estado", disse Bastos. 

Questionado por deputados da oposição sobre a capacidade do Estado de executar a obra, o DER assegurou o compromisso do órgão com a retomada das obras. 

Duplicação até Demerval Lobão

O DNIT garante que em breve será lançada a duplicação da BR-316, do trecho após o posto da PRF até a cidade de Demerval Lobão, em um trecho de pouco mais de 20 km.  Segundo o superintendente do órgão no Piauí, o departamento já possui R$ 30 milhões assegurados pelo senador Elmano Ferrer. "Estamos nesses dias lançando a licitação", assegurou Ribamar Bastos. 

Ainda de acordo com o superintendente, o inicio da duplicação do DNIT não vai depender da conclusão da duplicação feita pelo Estado.

Roberta Aline/Cidadeverde.com

Roberta Aline/Cidadeverde.com

 

Valmir Macêdo
[email protected]

Imprimir