Cidadeverde.com
Geral

Assalto à casa do vereador: polícia identifica carros e nega prisão de suspeitos

Imprimir

Fotos: Manoel José/Ascom Italo Barros

A Polícia Civil continua em diligência para encontrar os assaltantes que invadiram a casa do vereador de Teresina Ítalo Barros (PTC), no bairro Cidade Jardim, zona Leste de Teresina. Na noite de sábado (15) foram presos dois suspeitos, mas a investigação apontou que eles não têm relação com o assalto à casa do político.

"Essas pessoas que foram presas ontem, a gente investigou e descobriu que elas estão envolvidas em outro assalto, não ao assalto que ocorreu na casa do vereador", informou ao Cidadeverde.com o delegado Sebastião Alencar, que acompanha o caso desde o início.

Ele disse ainda que a polícia já identificou os veículos utilizados no crime. "Foram usados pelo menos três carros. Já temos as imagens e estamos em campo", completou Sebastião.

O crime

Por volta das 6h da manhã de sábado (15), quatro homens armados e encapuzados invadiram a casa do vereador Ítalo Barros e fizeram ele e a família reféns. Estavam no imóvel a mãe e o pai do parlamentar, além  de sua namorada. A ação durou cerca de 30 minutos. Segundo o vereador, outras pessoas faziam a cobertura dos assaltantes do lado de fora da residência.

Foram roubados televisores, celulares e um carro da família. Dois vigias que chegaram no começo da manhã ao imóvel também foram rendidos. 

Jordana Cury
jordanacury@cidadeverde.com

Imprimir