Cidadeverde.com
Cidades

Envolvido no estupro coletivo de Castelo do Piauí é preso por tentativa de roubo

Imprimir

Foto: Thiago Amaral/Arquivo/Cidadeverde.com

 

Um dos envolvidos de participar do estupro coletivo em Castelo do Piauí (no ano de 2015) foi preso nesta quarta-feira (19) suspeito de realizar assaltos no município. Hoje com 19 anos, Bento Fernandes de Oliveira, está solto e vive na cidade há cerca de seis meses, segundo o sargento Francisco Gomes, comandante do GPM de Castelo do Piauí.

"Ontem (18) por volta das 21 horas, nós tivemos conhecimento que esse elemento, Bento Fernandes de Oliveira, tinha tentado assaltar um comércio usando uma faca. De imediato nós acionamos a viatura e os policiais fizeram diligências, mas não conseguimos capturá-lo. A vítima (comerciante) foi à delegacia, fez o B.O. (Boletim de Ocorrência) e hoje, por volta das 12h40,  conseguimos prendê-lo", explicou o sargento.

De acordo com o sargento, Bento foi preso ao voltar ao comércio e tentar intimidar a vítima para que a mesma não o denunciasse. "Ele foi preso ao tentar intimidar o cidadão, na rua, no Centro de Castelo, só que a vítima já tinha feito o B.O e sido ouvido pelo delegado, faltava só prender o mesmo". 

O delegado Aldely Fontineli informou ao Cidadeverde.com que o flagrante está sendo lavrado. Bento será autuado por tentativa de roubo. Uma faca, possivelmente usada na tentativa de roubo, foi apreendida com Bento.

Medida Cautelar

Outro detalhe citado pelo sargento ao Cidadeverde.com é que Bento estava sob medida cautelar. "Ele, durante dois anos, não poderia se envolver com nenhuma espécie de delito porque poderia voltar a ser preso.Ele foi posto em liberdade em setembro de 2018 e ontem já cometeu essa tentativa de assalto no comércio", disse. 

Também participaram da prisão do suspeito o cabo Barradas e o soldado Damasceno. 

Briga familiar

O comandante Gomes também relatou que um homem identificado como Francisco Maciel foi preso por volta das 13h de hoje (19) ao tentar agredir a prima, que recusou a dar-lhe dinheiro, em Castelo do Piauí. "Tivemos a informação que ele sempre chega em casa embriagado e quer agredir os familiares, essa prima mora do lado dele e, cansada das agressões, resolveu denunciar e ele foi preso". 
 

Carlienne Carpaso
carliene@cidadeverde.com 

Imprimir