Cidadeverde.com
Geral

Amigos pedem Segurança após estudante ser morto por colega

Imprimir

Moradores do residencial Teresina Sul, onde um jovem foi cruelmente assassinado por um colega, saíram nas ruas em protesto por mais segurança. Ítalo Rodrigo, 16 anos, foi encontrado dentro de casa com os pés e mãos amarrados e com um corte profundo na garganta nesta terça-feira (16). Um adolescente da mesma idade confessou o homicídio, não mostrou nenhum arrependimento e ainda riu ao lembrar do crime.

O protesto ocorreu na noite desta terça-feira (17). Balões brancos e cartazes expressavam mensagens de saudades, paz e justiça.  

"É assalto por cima de assalto, dentro e fora de casa, nas ruas, no ônibus. Nem trancados temos paz. Ontem, mesmo em casa, duas famílias foram assaltadas", disse a moradora Talyanara Cris, professora de dança.  

Foto: Divulgação WhatsApp

"A gente não tem paz. Todo santo dia uma família é feita refém e agora aconteceu isso com essa criança. A gente só vê polícia assim, quando tem esse tipo de fato, quando matam alguém. Eles passam pouco tempo aqui e depois saem. A gente tá pedindo as autoridades que olhem por nós. Não precisa mais uma família tá chorando para as autoridades nos darem alguma resposta", completou a moradora Ademísia Ramos. 

 

Com informações Notícia da Manhã
redacao@cidadeverde.com

Imprimir