Cidadeverde.com
Esporte

De virada, Vitória supera a Ponte Preta e respira na Série B

Imprimir

Após susto no início do jogo, o Vitória foi persistente e superou a Ponte Preta neste sábado à tarde, de virada, por 2 a 1, no Barradão, em Salvador (BA), pela 12ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

Os paulistas abriram o placar logo aos 12 minutos, mas diminuíram o ritmo e viram o Vitória empatar e virar a partida em apenas quatro minutos, na capital baiana. Resultado que ajuda os donos da casa a respirar na parte inferior da tabela.

Com o resultado, o Vitória respira na luta contra o rebaixamento, apesar de ainda ser o 17º colocado, com dez pontos Já a Ponte Preta sofreu sua segunda virada seguida, porque na rodada passada também levou 2 a 1 do líder Bragantino. Agora caiu para a oitava colocação com 19 pontos. Dois a menos que o Londrina, primeiro time no G-4, a zona de acesso à primeira divisão. 

A Ponte Preta dominou as ações no início do jogo e abriu o placar logo aos 12 minutos. Diego Renan fez jogada individual e cruzou na medida para o centroavante Roger cabecear forte para o fundo das redes.

O time paulista, porém, diminuiu o ritmo e viu o Vitória crescer em campo. Aos 37 minutos, Chiquinho cobrou falta e contou com falha do goleiro Ivan para igualar o placar na capital baiana.

Empolgado, o time baiano continuou no ataque e não demorou para virar o placar. Aos 41 minutos, após erro de passe da Ponte Preta no meio-campo, Felipe Gedoz carregou bola e finalizou com categoria no canto direito do goleiro Ivan. 

No segundo tempo, a Ponte precisou sair mais para o jogo para ao menos buscar o empate. Roger teve a oportunidade em lance aos 11 minutos, quando foi travado pelo defensor. O Vitória se defendeu como pôde e no final do jogo, aos 40 minutos, perdeu ótima chance com Anselmo Ramon, que bateu para fora.

O Vitória volta a campo na próxima terça-feira para enfrentar o Figueirense, às 19h15, no estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis (SC). No mesmo dia a Ponte Preta recebe o América-MG, às 20h30, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP).

FICHA TÉCNICA:
VITÓRIA 2 x 1 PONTE PRETA
VITÓRIA - Martín Rodríguez; Matheus Rocha, Bruno Bispo, Ramon e Chiquinho (Van); Baraka, Léo Gomes, Lucas Cândido e Felipe Gedoz (Capa); Wesley (Ruy) e Anselmo Ramon. Técnico: Osmar Loss.
PONTE PRETA - Ivan; Diego Renan, Airton, Renan Fonseca e Henrique Trevisan (Guilherme Guedes); Edson, Camilo (João Carlos) e Matheus Vargas; Marquinhos (Tiago Marques), Roger e Gerson Magrão. Técnico: Jorginho.
GOLS - Roger, aos 12 minutos, Chiquinho, aos 37, e Felipe Gedoz, aos 41 minutos do primeiro tempo.
CARTÕES AMARELOS - Anselmo Ramon, Wesley, Ruy e Matheus Rocha (Vitória); Diego Renan, Marquinhos, Airton e Guilherme Guedes (Ponte Preta).
ÁRBITRO - Igor Benevenuto de Oliveira (MG).
RENDA - R$ 52.614,00. 
PÚBLICO - 4.892 pagantes (5.163 no total).
LOCAL - Estádio Barradão, em Salvador (BA).

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir