Cidadeverde.com
Geral

Parque de Exposições é interditado pela Adapi e Expoapi pode ser adiada

Imprimir
  • Governador_se_reúne_com_Adapi_e_Secretaria_Agropecuária-20.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • Governador_se_reúne_com_Adapi_e_Secretaria_Agropecuária-19.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • Governador_se_reúne_com_Adapi_e_Secretaria_Agropecuária-18.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • Governador_se_reúne_com_Adapi_e_Secretaria_Agropecuária-17.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • Governador_se_reúne_com_Adapi_e_Secretaria_Agropecuária-16.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • Governador_se_reúne_com_Adapi_e_Secretaria_Agropecuária-15.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • Governador_se_reúne_com_Adapi_e_Secretaria_Agropecuária-14.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • Governador_se_reúne_com_Adapi_e_Secretaria_Agropecuária-13.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • Governador_se_reúne_com_Adapi_e_Secretaria_Agropecuária-12.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • Governador_se_reúne_com_Adapi_e_Secretaria_Agropecuária-11.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • Governador_se_reúne_com_Adapi_e_Secretaria_Agropecuária-10.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • Governador_se_reúne_com_Adapi_e_Secretaria_Agropecuária-9.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • Governador_se_reúne_com_Adapi_e_Secretaria_Agropecuária-8.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • Governador_se_reúne_com_Adapi_e_Secretaria_Agropecuária-7.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • Governador_se_reúne_com_Adapi_e_Secretaria_Agropecuária-6.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • Governador_se_reúne_com_Adapi_e_Secretaria_Agropecuária-5.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • Governador_se_reúne_com_Adapi_e_Secretaria_Agropecuária-4.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • Governador_se_reúne_com_Adapi_e_Secretaria_Agropecuária-3.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • Governador_se_reúne_com_Adapi_e_Secretaria_Agropecuária-2.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • Governador_se_reúne_com_Adapi_e_Secretaria_Agropecuária.jpg Roberta Aline / Cidade Verde

A Agência de Defesa Agropecuária do Piauí (Adapi) determinou o fechamento do Parque de Exposições Dirceu Arcoverde, localizado na BR-343 em Teresina. Isso se deve porque o animal sacrificado em junho com Mormo, passou pelo parque. A decisão pode levar ao adiamento da Exposição Agropecuária do Piauí (Expoapi), prevista para o dia 30 de novembro.

Todos os animais que estavam no parque precisam passar por exames. A medida visa evitar que animais e humanos possam ser contaminados. A informação foi dada durante uma reunião sobre a situação com o governador Wellington Dias (PT) nesta quinta-feira(12) no Palácio de Karnak. 

A secretária de Agronegócio do Piauí, Simone Pereira, cinco casos já foram registrados no Piauí. 

"Depois de conversas com os técnicos da Adapi, decidimos interditar o Parque de Exposições Dirceu Arcoverde. O animal que foi sacrificado passou pelo parque. Temos animais hospedados no parque. Precisamos investigar se estão infectados ou não.  Hoje o sangue será colhido e enviados para um laboratório em Recife. Deve levar 21 a 30 dias para termos o resultado. Mas os exames precisam ser repetidos e pode levar 60 dias com o parque fechado", declarou Simone Pereira e por isso adiar a Expoapi. 

Foto: Roberta Aline/Cidadeverde.com

Simone Pereira

Com o fechamento do Parque, foi suspenso o ciclo de vaquejadas promovido pela Avapi - Associação de Vaqueiros do Piauí. O objetivo é impedir que outros animais possam ser infectados. 

"Se trata de uma doença que se passa para os humanos. Não tem cura em humanos. Apenas tratamento", destacou a secretária.

"Esse ano foram diagnosticados esses casos no Piauí. A legislação orienta que todo local seja interditado. O mesmo ocorre com o laboratório da UFPI. Os produtores devem ficar em alerta. São 40 ou 50 animais no Parque que podem ter tido contato com o animal", afirmou o diretor da Adapi, Genilson Sobrinho.

Foto: Arquivo Cidadeverde.com

O que é a doença:

Mormo ou lamparão: doença infecto-contagiosa que acomete os equídeos (cavalos, burros e mulas), e pode ser transmitida eventualmente a outros animais e ao homem. É causada pela bactéria Burkholderia mallei, e pode ser transmitida pelo contato com animais infectados.

Transmissão: a bactéria entra no organismo através da pele e das mucosas dos olhos e nariz. Profissionais que manejam estes animais, ou manipulam amostras contaminadas (veterinários, tratadores de equinos, funcionários de abatedouros e laboratoristas), têm maior risco de contrair a doença.  

Sintomas no homem: Os sintomas no homem são febre, dores musculares, dor no peito, rigidez muscular e cefaleia. Podem ainda ocorrer lacrimejamento excessivo, sensibilidade à luz e diarreia.

Lídia Brito
lidiabrito@cidadeverde.com

Imprimir