Cidadeverde.com
Esporte

Roger marca nos acréscimos e Ponte Preta empata no sufoco com o Paraná na Série B

Imprimir

Foto: Geraldo Bubniak / Paraná Clube

 

Graças a um gol de Roger nos acréscimos, marcado aos 47 minutos do segundo tempo, a Ponte Preta buscou o empate por 1 a 1 com o Paraná na noite desta quarta-feira, no estádio Durival Britto, em Curitiba, pela 24ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Com isso, o time paranaense chegou ao seu sétimo jogo sem vitória dentro de casa.

O resultado acabou não agradando às duas equipes na luta pelo acesso à elite nacional. Há quatro jogos sem vencer, a Ponte terminou esta jornada da competição na 11ª posição, com 32 pontos, uma posto abaixo do Paraná, com 34.

O Paraná começou o jogo desta quarta pressionando o time de Campinas, mas encontrou Ivan em noite inspirada. Logo no minuto inicial, após falha da defesa adversária, Éder Sciola cruzou para Jenison, que obrigou o goleiro a salvar com os pés. No lance seguinte, o atacante tentou novamente surpreender o camisa 1 da equipe campineira, que fez um milagre. Na sobra, Fernando Neto chutou na trave.

Com dificuldades para fazer a infiltração, a Ponte usou a bola parada para ameaçar o Paraná. Na cobrança de falta de Renato Cajá, a bola carimbou o travessão. Gerson Magrão ainda ficou com a sobra e arriscou um voleio, mas pegou muito mal. No rebote, Lucas Mineiro mandou por cima.

Apesar do susto, o Paraná continuou com a posse de bola e perdeu outras oportunidades de abrir o placar, enquanto a Ponte apostou nos lampejos de Lucas Mineiro e Renato Cajá. Roger e Gerson Magrão estiveram apagadíssimos durante os 45 minutos iniciais.

No segundo tempo, a Ponte resolveu sair para o jogo. Aos nove minutos, Roger aproveitou o recuo de Rodolfo para tentar surpreender Thiago Rodrigues, que fez a defesa sem maiores problemas. A resposta veio aos 14. Éder Sciola cruzou na medida para Jenison. Desta vez, o atacante cabeceou no fundo das redes

O time da casa continuou mandando nas ações. Aos 20 minutos, Fernando Neto disputou com Ivan e viu a bola sobrar para Jenison O atacante tentou marcar por cobertura, mas Renan Fonseca, bem posicionado, tirou em cima da linha. Com dificuldade para criar, a Ponte buscou surpreender em jogadas de velocidade.

Bill recebeu dentro da área, girou em cima da marcação e chutou rente à trave. O Paraná se segurou como pôde, mas acabou levando o empate no apagar das luzes. Aos 47 minutos, Gerson Magrão recebeu de Arnaldo e ajeitou para Roger. O atacante chutou com força para deixar tudo igual e impedir qualquer tipo de reação do time adversário.

Na próxima rodada, a Ponte enfrenta o Cuiabá no sábado, às 16h30, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas. No mesmo dia, às 19 horas, o Paraná visita o Oeste na Arena Barueri, na cidade da Grande São Paulo.

FICHA TÉCNICA
PARANÁ 1 X 1 PONTE PRETA
PARANÁ - Thiago Rodrigues; Éder Sciola, Rodolfo, Leandro Almeida e Guilherme Santos; Luiz Otávio, Fernando Neto (Jhony Santiago) e Vitinho Mesquita (João Pedro); Judivan (Pimentinha), Bruno Rodrigues e Jenison. Técnico: Matheus Costa.
PONTE PRETA - Ivan; Arnaldo, Renan Fonseca, Reginaldo e Henrique Trevisan; Edson (Dadá), Lucas Mineiro (Washington), Renato Cajá e Gerson Magrão; Vico (Bill) e Roger. Técnico: Gilson Kleina.
GOLS - Jenison, aos 14 minutos do segundo tempo; Roger, aos 47 do segundo.
ÁRBITRO - Rodrigo Batista Raposo (DF).
CARTÕES AMARELOS - João Pedro e Vitinho Mesquita (Paraná); Renato Cajá e Ygor (Ponte Preta).
RENDA - R$ 32.840,00.
PÚBLICO - 1.925 pagantes.
LOCAL - Estádio Durival Britto, em Curitiba (PR).

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir