Cidadeverde.com
Geral

Novo sistema de dispensação de medicamentos melhora a qualidade da assistência do HUT

Imprimir

Para garantir que seus pacientes recebam o tratamento correto e adequado, o Hospital de Urgência de Teresina (HUT), gerido pela (FMS) Fundação Municipal de Saúde, adquiriu um equipamento novo (OPUS30X, modelo UM-E) que faz a unitarização e produção de kits individualizados de todo e qualquer tipo de medicamento. Esse novo sistema de dispensação de medicamentos reduz a incidência de erros de administração dos remédios, proporcionando mais segurança para os pacientes e profissionais de saúde. O investimento feito pela Prefeitura de Teresina foi de R$ 141 mil.

A Dra. Clara Leal, diretora geral do HUT, explicou que a aquisição desse novo equipamento tem como objetivo principal o fortalecimento da terceira meta internacional de segurança do paciente, que é a segurança de medicamentos de alta vigilância.

“Erros de medicação é uma ameaça ao paciente. Os medicamentos classificados como de alta vigilância representam um risco ainda maior. Portanto, estamos trabalhando essa meta para que o processo de armazenamento, prescrição, dispensação, administração e monitoramento dos efeitos após a administração sejam feitos de forma rigorosa, sem riscos para o paciente e profissional de saúde”, declarou a diretora.

De acordo com a gerente da farmácia do HUT, Viviane Oliveira, o hospital atende uma média de 450 prescrições por dia e qualquer erro na dispensação de medicamentos pode trazer consequências desastrosas para o paciente e colaboradores.

“Esse novo equipamento, que tem capacidade de produzir 2.600 unitarizações por hora, está agilizando o processo de separação e identificação dos medicamentos. Além disso, aumentou nossa capacidade produção. Antes produzíamos cerca de 800 unitarizações de medicamentos por dia. Com esse novo equipamento, já estamos produzindo uma média de 1.800 unitarizações por dia”, explicou a gerente.

Viviane disse ainda que esse método de separação de medicamentos contribui muito para minimizar o desperdício e, com isso, aumentar a capacidade de atendimento do hospital. “Estamos fazendo alguns ajustes nos processos de trabalho para conseguirmos, com os mesmos recursos, atender mais pessoas. A grande vantagem desse processo é a possibilidade de se fazer a separação dos remédios, de acordo com a necessidade de cada paciente, evitando assim o desperdício e garantindo que o paciente está recebendo o tratamento correto”, destacou.

A unitarização de medicamentos é a separação de medicamentos em doses únicas, de acordo com a necessidade de cada paciente. Isso possibilita que o paciente receba a medicação na dose exata, prescrita pelo médico, evitando que ela tome remédio além do necessário.

A farmácia do HUT é a maior farmácia hospitalar pública do estado do Piauí funcionando 24 horas. Possui um estoque com 410 medicamentos padronizados. Contando com materiais hospitalares, essa lista aumenta para 838 itens que vão desde luvas e máscaras até medicamentos especiais e de uso restrito.

 

redacao@cidadeverde.com

Imprimir