Cidadeverde.com
Cidades

Delegacia Geral destaca equipe especial para coibir pistolagem, após atentado a vereador

Imprimir

Foto: Roberta Aline/Cidadeverde.com


O delegado geral Lucy Keiko determinou que uma equipe do Departamento de Operações Especiais [DOE] seja destacada para a cidade de Alagoinha do Piauí (a 379 km de Teresina) com o objetivo de evitar crimes de pistolagem na região. 

O delegado afirma que a polícia está "vigilante" para que a pistolagem não volte a dominar o município. Na última sexta-feira o vereador de Alagoinha, Luís Alves, foi vítima de uma emboscada e seu carro alvejado com doze tiros.

"Há pouco mais de um mês houve um crime com característica de execução, onde a vítima Antônio Dilela era suspeito de praticar outro crime na região. Estamos fazendo um trabalho de prevenção para evitar que volte os crimes de pistolagem na região. Sabemos que na região fronteiriça de Alagoinha a pistolagem reinava e não vamos deixar isso voltar a acontecer. Se for preciso a gente muda parte da nossa equipe especializada para lá para combater esse tipo de crime", garante o delegado geral.

O delegado geral afirma que é prematuro falar, mas por enquanto não descarta a possibilidade de ligação entre o assassinato de Antônio Dilela e o atentado ao vereador. 

A Polícia Civil de Alagoinha está trabalhando para identificar e prender os autores do atentado ao vereador Luís Alves.


Izabella Pimentel
izabela@cidadeverde.com

Imprimir