Cidadeverde.com
Geral

Temporal destrói casa no Angelim e família deixa imóvel pela janela

Imprimir
  • Untitled-10.jpg Alexssandro Márcio/TV Cidade Verde
  • Untitled-9.jpg Tiago Melo/TVCIdade Verde
  • Untitled-8.jpg Tiago Melo/TVCIdade Verde
  • Untitled-7.jpg Alexssandro Márcio/TV Cidade Verde
  • Untitled-6.jpg Alexssandro Márcio/TV Cidade Verde
  • Untitled-5.jpg Alexssandro Márcio/TV Cidade Verde
  • Untitled-4.jpg Alexssandro Márcio/TV Cidade Verde
  • Untitled-3.jpg Alexssandro Márcio/TV Cidade Verde
  • Untitled-2.jpg Alexssandro Márcio/TV Cidade Verde
  • Untitled-1.jpg Alexssandro Márcio/TV Cidade Verde

A dona de casa, Bruna Maíra Silva de Meneses que está grávida, passou um grande susto durante o temporal que caiu na noite, desta terça-feira(19), em Teresina. Ela estava na casa de um cômodo onde mora, no bairro Angelim, zona Sul de Teresina, com os quatro filhos e o marido quando parte da casa começou a desabar. 

Segundo o relato da mulher, quando a casa começou a desabar sua ação foi sustentar o guardarroupa contra a parede para que os filhos saíssem pela janela de meio metro. “Fiquei sustentando com meu corpo só pensando em salvar meus filhos”, conta a mulher, que estava com os filhos de 8 anos, 4 anos e os gêmeos de dois anos e o marido.

Ela disse que o marido é estivador e saiu esta manhã a procura de emprego e de algum dinheiro para se alimentarem. Na manhã desta quarta(20), enquanto tirava as poucas coisas que tinham no único cômodo, a grávida reclamava de fome.  

Bruna faz um apelo para as pessoas que puderem ajuda-la. “Eu peço para as pessoas que puderem me ajudar, que tenham bom coração, que tenham material para me doar, pode ser usado, porque eu não tenho condição e essa casa era cedida, ela já tava aqui há mais de dez anos, sustentando a chuva, porque aqui alaga, preciso de material para aterrar e a mão de obra meu marido vai lutar para fazer”, afirma a desabrigada. 

Quem puder ajudar entrar em contato com Bruna pelo número (86) 99571-7176.

Outros estragos

Foto: Alexssandro Márcio/TVCidade Verde

Em outra parte do mesmo bairro, a técnica de enfermagem Laurivanda Moura, tomou coragem e correu para casa da mãe, depois que ouviu um estrondo na mangueira que fica no quintal e as telhas voando. Ela estava com a filha de 11 anos e depois de tentar se esconder no banheiro, único local forrado na casa, se desesperou e fugiu para casa da mãe.

“Eu estava aqui em casa na hora que começou a chuva, eu estava com minha filha de 11 anos e comecei a me apegar com Deus, corremos para o banheiro que era forrado e ouvi as telhas se arrastando, ouvi que o pé de manga fez um estrondo e os fios pegando fogo, me deu aquele medo e corri para a casa da minha mãe. A ventania era forte e em pouco tempo fez esse estrago todo”, afirma Laurivanda. 

A queda da mangueira provocou danos na fiação da casa que está sem energia desde então, não só na casa dela, mas em outros imóveis da mesma rua. 

A zona Sul foi uma das mais atingidas pela chuva de ontem. Ainda no Angelim, o teto de um posto de gasolina desabou completamente. 

Equatorial Energia em nota informou que as equipes estão em campo para restabelecer o fornecimento de energia nas zonas Sul e Sudeste de Teresina, o que deve ocorrer até o final da tarde de hoje. 

 

Nota de Esclarecimento

A Equatorial Piauí informa que após trabalho complexo por equipes de manutenção durante a madrugada desta quarta-feira(20), que o fornecimento de energia nos municípios de Água Branca, São Pedro do Piauí, Amarante, Nazária e Regeneração foi restabelecido ainda na madrugada desta quarta-feira às 02h como previsto. As ações de equipes emergenciais concentram-se agora na região Sul e Sudeste de Teresina e em cidades da região Metropolitana como Monsenhor Gil e Altos, onde ocorreu maior concentração de chuva e descargas elétricas. O retorno do fornecimento de energia para estas áreas deve ocorrer até o final da tarde desta quarta-feira(20).

 

 

Caroline Oliveira
Com informações do repórter Tiago Melo e colaboração de Alexssandro Márcio
[email protected]

Imprimir