Cidadeverde.com
Geral

Portal Cidade Verde ganha dois prêmios de Reportagem do Ministério Público do Piauí

Imprimir
  • 20191212093033_IMG_9559.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • 20191212093243_IMG_9570.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • 20191212093413_IMG_9580.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • 20191212100656_IMG_9587.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • 20191212100909_IMG_9608.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • 20191212100942_IMG_9617.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • 20191212101051_IMG_9632.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • 20191212101126_IMG_9635.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • 20191212101347_IMG_9655.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • 20191212101442_IMG_9657.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • 20191212101603_IMG_9662.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • 20191212101627_IMG_9664.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • 20191212101654_IMG_9670_(1).jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • 20191212101701_IMG_9672.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com

Pelo quarto ano consecutivo o Cidadeverde.com foi vencedor do Prêmio de Jornalismo do Ministério Público do Piauí.  Desta vez, o portal fez uma “dobradinha” e ganhou o primeiro e segundo lugares na categoria Webjornalismo. Os jornalistas vencedores foram Herlon Moraes e Izabella Pimentel. 

"É sempre uma grata satisfação participar e ser um dos vencedores de um concurso de reportagem. O portal Cidade Verde tem tradição pelos excelentes profissionais que possui. Tanto que é quarta vez que o site ganha o concurso do MP", disse o jornalista Herlon Moraes, que escreveu sobre uma plataforma digital do MP que ajuda promotores a localizar réus e testemunhas, evitando que crimes sejam prescritos.

Izabella, que venceu em 2º lugar, escreveu a reportagem “Mães recorrem ao Ministério Público para garantir educação inclusiva a filhos autistas”. Na matéria, a jornalista abordou as dificuldades das famílias de crianças diagnosticadas com autismo em terem acesso à educação inclusiva.

“Muito satisfeita em ser premiada, falando sobre um tema muito importante. A falta de uma educação inclusiva é realidade em inúmeras escolas, tanto públicas quanto privadas, de Teresina. Tem muita gente sofrendo com isso e os casos precisam ser denunciados Ministério Público Estadual”, disse Izabella.

Neste ano, o Prêmio de Jornalismo teve como tema a “Atuação resolutiva: a influência do trabalho do Ministério Público do Piauí na vida dos cidadãos”.

A Procuradora Geral de Justiça, Carmelina Moura, ressalta que a imprensa tem papel fundamental e é um elo entre a sociedade e o Ministério Público. 

“Nosso objetivo é valorizar a produção jornalística comprometida com a sociedade, prestando nosso reconhecimento aos jornalistas que contribuem para a divulgação da atuação institucional e estreitam os laços entre a comunidade e o Ministério Público, de modo a facilitar o acesso aos serviços que oferecemos”, destaca a Procuradora-Geral de Justiça, Carmelina Moura.


Da Redação
[email protected]

Imprimir