Cidadeverde.com
Geral

PRF do Piauí ainda não foi notificada sobre volta de radares em BRs

Imprimir

A Polícia Federal do Piauí ainda não foi notificada a respeito da decisão da Justiça Federal em Brasília que determinou o restabelecimento da fiscalização de velocidade com radares móveis nas estradas federais.

A decisão foi dada nessa quarta-feira (11) e fixa prazo de 72 horas para que a PRF tome as providências necessárias para a volta da fiscalização eletrônica, sob pena, em caso de descumprimento, de multa diária de R$ 50 mil, a ser aplicada à União.

Em agosto, Bolsonaro determinou, por meio de um despacho, que a PRF interrompesse o uso de "medidores de velocidade estáticos, móveis e portáteis" até que o Ministério da Infraestrutura concluísse uma reavaliação da regulamentação dos procedimentos de fiscalização eletrônica de velocidade. 

A medida não impediu o emprego dos aparelhos fixos, os chamados pardais, porque a Justiça Federal em Brasília já havia dado, em abril, ordem para sua manutenção nas pistas.  

O MPF tem um entendimento diferente. Para o órgao, a aplicação as multas inibe os motoristas de cometerem excessos de velocidades e assim causarem acidentes.

Valmir Macêdo
[email protected]

Imprimir