Cidadeverde.com
Geral

Caso Vanessa: juiz nega pedido de liberdade de Pablo e cobra laudos da perícia

Imprimir

Foto: Roberta Aline/Cidadeverde.com 

O juiz Antônio Nollêto, titular da 1ª Vara do Tribunal Popular do Júri, indeferiu o pedido de soltura de Pablo Henrique Campos Santos, acusado de atropelar matar a estudante Vanessa Carvalho. A defesa havia solicitado à Justiça que a prisão fosse convertida em medidas cautelares para que ele respondesse em liberdade. 

O magistrado negou a solicitação alegando que a manutenção da prisão “opera-se de maneira justificada tendo em vista a gravidade concreta do crime e circunstâncias do fato, evidenciadas pela motivação e modus operandi do delito, que demonstram a periculosidade do agente, bem como a existência de risco à ordem pública”. 

A decisão saiu sete dias após o pedido da defesa que alegou excesso de prazo. No mesmo despacho, Antônio Nollêto também determina o cumprimento das cartas precatórias encaminhadas às comarcas de de Maceió -AL e Tucumã-PA para que três testemunhas sejam ouvidas e o que o Instituto de Criminalística entre os laudos periciais feitos no automóvel do acusado, em 48 horas. 

Pablo também responde por crime tentado contra a ex-namorada Anuxa Alencar, que estava na companhia de Vanessa no momento da colisão, após os três saírem de uma festa de casamento, na zona Leste de Teresina, no dia 29 de setembro de 2019. O atropelamento ocorreu na Avenida Homero Castelo Branco.

Foto: Josiane Sousa/ TV Cidade Verde

 

Caroline Oliveira
[email protected]

Imprimir