Cidadeverde.com
Entretenimento

Robert Downey Jr. diz que não vai mais viver Homem de Ferro no cinema

Imprimir

Foto: Reprodução/instgram/@robertdowneyjr

O ator Robert Downey Jr., 55, que interpreta o Homem de Ferro dos cinemas, não deverá mais ser visto neste papel. Isso porque o próprio confirmou em uma entrevista ao podcast SmartLess que não retornará ao Universo Cinematográfico Marvel.

Quando o apresentador o indagou sobre a lentidão dos estúdios com relação ao momento em que vivemos e futuras produções, o ator respondeu revelou sua decisão. "No que me diz respeito, pendurei minhas armas e estou pronto para deixar isso para lá", disse.

O astro se disse ansioso para ver como seria o futuro da Marvel. "Também acho que a Marvel está nessa jornada agora, eles estão tentando um monte de outras coisas. Estou animado para ver como tudo isso vai dar."

E a vontade de sair dos holofotes em nada tem a ver com dinheiro. Em 2019, faturou, nada mais, nada menos do que R$ 282 milhões com o filme "Vingadores: Ultimato", no qual vive o protagonista. A informação é da revista Forbes.

No contrato, segundo a publicação, o ator ganhou um salário de R$ 20 milhões para atuar no longa como Tony Stark. Porém, ele também teria direito a receber 8% do valor arrecadado em bilheteria. E como a bilheteria do filme já era a segunda maior do mundo em maio daquele ano, só atrás de "Avatar", ele ganhou o equivalente a R$ 282 milhões.

Foi em 2008 que Downey estrelou seu primeiro filme da Marvel. O papel foi em "Homem de Ferro". "Vingadores: Ultimato" ultrapassou "Titanic" em vendas e também foi o filme mais rápido a atingir US$ 1 bilhão, o equivalente pela cotação atual a R$ 5,35 bilhões. Precisou de apenas 11 dias para que isso ocorresse.

Fonte: Folhapress

Imprimir