Cidadeverde.com
Economia

Teresina recebeu mais de 18,6 mil turistas no mês de outubro; 42% por negócios

Imprimir

Arquivo CV

Uma pesquisa realizada pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec) revela que a receita turística de Teresina continua superavitária mesmo com a crise provocada pelo novo Coronavírus. Segundo os dados, os visitantes que desembarcaram no aeroporto de Teresina gastaram R$ 18,4 milhões, enquanto os residentes da capital desembolsaram R$ 10,7 milhões com o turismo em outras cidades. A diferença positiva foi de R$ 7,7 milhões. 

A pesquisa foi realizada com base no movimento de passageiros no Aeroporto de Teresina entre os meses de setembro e outubro deste ano que, segundo a INFRAERO, cresceu 24,6%. Essa movimentação levou a um impacto no fluxo de turistas e de residentes em viagem, saltando de 42.910 para 53.421 passageiros embarcados e desembarcados.

“A movimentação no aeroporto de Teresina se recupera a uma média de mais de 25% ao mês. Esse panorama nos leva a crer que, até março de 2021, serão alcançados os mesmos indicadores do ano passado”, disse o coordenador de Turismo da Semdec, Eneas Barros.

Mesmo nesse cenário atípico, Teresina recebeu, no último mês de outubro, 18.642 turistas. Vindos de São Paulo foram 32,72%, de Brasília foram 9,88% e de Pernambuco, 9,57%. Destes, os que chegaram à cidade motivados pelos negócios somam 42% dos visitantes.

Por outro lado, a pesquisa também aponta que 7.768 residentes em Teresina viajaram para fora da cidade e tiveram como destino, em sua maioria, o estado de São Paulo (34,95%) e Brasília (25,23%), sendo por motivos de lazer (47,11%) ou visita a parentes e amigos (23,71%).

“De janeiro a abril houve uma queda no fluxo de passageiros no aeroporto de Teresina. Mas em maio começou um processo de recuperação. Claro que ainda não se alcançou os números de 2019, mas acreditamos que, em três ou quatro meses no máximo, a situação estará completamente recuperada, com os mesmos níveis do ano passado. É muito importante que Teresina continue superavitária”, afirmou o secretário da Semdec, Raul Ferraz.

A pesquisa ouviu turistas e residentes somente nos portões de embarque e desembarque do Aeroporto de Teresina, durante o período de 21 de outubro a 06 de novembro deste ano. A margem de erro é de 5,44% e nível de confiança 94,56%.

 

Da redação
[email protected]

Imprimir