Cidadeverde.com
Esporte

Corinthians vira sobre o Goiás e mantém vivo o sonho da vaga na Libertadores

Imprimir

O Corinthians virou sobre o lanterna Goiás, ganhou por 2 a 1, chegou ao quinto jogo sem perder e manteve vivo o sonho de conquistar uma vaga na próxima Copa Libertadores.

Fotos - Rodrigo Coca - Agência Corinthians

A vitória deixou a equipe alvinegra em nono lugar do Campeonato Brasileiro, com 36 pontos, cinco a menos do que o sexto colocado, o rival Palmeiras.

O G-6 ainda pode virar G-8, caso times que estão entre os seis primeiros colocados conquistem a Copa do Brasil e a Libertadores O Goiás, por sua vez, segue na 20ª e última posição, com apenas 20 pontos.

Na parte final do jogo, o goleiro Cássio se chocou com Vinicius e deixou o estádio de ambulância. De acordo com o departamento médico do Corinthians, ele se encontrava consciente, mas foi encaminhado ao Hospital São Luiz, no Morumbi, para realizar avaliações mais detalhadas.

Enquanto o Corinthians está em boa fase e sonha com a vaga na Libertadores, a situação do Goiás segue delicada. O time está na lanterna, com apenas 20 pontos, e até surpreendeu na Neo Química Arena, ao marcar logo aos três minutos de jogo. Em contra-ataque rápido, Douglas Baggio cruzou para Fernandão, que chutou de primeira para abrir o placar.

O Corinthians reagiu rapidamente. Após demorar para entender a formação do Goiás nos primeiros minutos, o time alvinegro passou a dominar o jogo. O empate saiu aos 13, quando Gustavo recebeu de Cazares e mandou na saída do goleiro Tadeu.

Gustavo, aliás, foi a surpresa do técnico Vagner Mancini para a partida. Com o desfalque do volante Cantillo, lesionado, o treinador optou por colocar mais um atacante em vez de outro meio-campista. Ramiro, assim, atuou mais recuado na linha central.

O duelo foi bom em Itaquera. O Corinthians contou com Cazares inspirado na armação das jogadas. A equipe tentou a todo instante furar o bloqueio adversário e criou bons lances. O melhor terminou em gol anulado corretamente por impedimento de Jô, após linda troca de passes que começou com Cássio.

No segundo tempo, Jô desta vez não ficou em posição irregular e marcou o gol da virada aos cinco minutos, encerrando o jejum de três meses e meio sem balançar a rede. Novamente Cazares foi decisivo, ao roubar a bola de Miguel Figueira e encontrar o centroavante livre.

A partida ficou aberta até o apito final. O Goiás chegou a acertar a trave com David, mas o Corinthians segurou a vitória e manteve a boa sequência em busca de uma vaga na próxima Libertadores.

Por Guilherme Amaro
Estadão Conteúdo

Imprimir