Cidadeverde.com
Política

Dr. Pessoa confirma que não vai criar a Secretaria Municipal de Segurança

Imprimir

O prefeito Dr. Pessoa (MDB) confirmou que não haverá a criação da Secretaria Municipal de Segurança Pública. Segundo ele, o momento de crise dificulta a criação. A pasta já havia sido anunciada nos primeiros dias de gestão e também foi promessa durante a campanha. 

Para o prefeito, no momento, o importante é qualificar a Guarda Civil Municipal. Segundo ele, a prefeitura vai intensificar a parceria com o estado para aumentar a segurança.

"É a possibilidade de melhorarmos e qualificar a Guarda Municipal. Foi algo feito de maneira eleitoreira, embora eles tenham passado em concurso. Já estive conversando com o governador Wellington Dias. Ele de pronto disse que terão as academias para qualificar o efetivo. Provalvemente, não teremos a Secretaria de Segurança Municipal. Estamos passando por um momento de dificuldades financeiras. Não vamos colocar em risco os trabalhadores. Os salários são sagrados", disse.

Foto: Roberta Aline/ Cidadeverde.com

Dr. Pessoa destaca a necessidade de parcerias também com o Governo Federal.

"A integração  na segurança não é só entre o município e o estado. Será com todos os entes federados. Com o governo federal, estadual, as polícias. Todos esses para trabalhar integrados nesse momento difícil que é da Covid-19. Estamos vivendo um momento difícil e vamos ajustar a Casa", destacou.

100 DIAS

Dr. Pessoa afirma que tem visitado obras na capital de surpresa. O objetivo é fazer um calendário para entrega de obras com 100 dias, seis meses e um ano.

"Estamos com 15 dias úteis de administração. Como sou um cidadão ágil, acordo cedo e visito alguns órgãos da administração. Hoje fui ao Promorar e visitei a UPA, a maternidade e o  hospital. Não foi oficial. Foi extra-oficial. Fui bem recebido. O diretor não estava. Deve ter tido algum problema. Sempre faço visitas as obras em andamento. Com 100 dias, queremos apresentar uma parte para a sociedade, outra com seis meses e outras no final do ano. Todo sábado andamos e visitamos essas obras na região urbana. Todo domingo vamos para a zona rural", disse.

O prefeito diz que encontrou praticamente todas as obras paradas.

"Encontramos praticamente todas as obras paradas. Estamos verificando e analisando, dando agilidade para que aconteça, de fato, o término da obra. Tem obras que queremos apresentar para a sociedade concluídas com 100 dias, outras com seis meses e outras com um ano. Fazemos um diagnóstico e levamos para as secretarias. Traçamos uma meta para cumprir os prazos determinados", destacou.

Sobre o atraso no pagamento dos estagiários, Dr. Pessoa diz que a gestão anterior tentou colocá-lo em um buraco negro. 

"O prefeito sou eu. Mas quem cuida das Finanças é o Robert Rios. As que forem legal, vamos cumprir. Se não fazemos de uma vez só é porque tem algumas coisas que vamos dividir porque não tem dinheiro em caixa. A administração  anterior queria que eu entrasse no buraco negro, mas não vai conseguir. Vamos trabalhar com os funcionários da Prefeitura. Os salários vamos honrar", afirmou.

 

Flash Lídia Brito
[email protected]

Imprimir