Cidadeverde.com
Geral

Caso da digital influencer vai para o Greco; outros dois suspeitos são identificados

Imprimir

Foto: reprodução Instagram

As investigações sobre o roubo na casa do empresário em que a digital influencer Roani Sampaio, de 19 anos, e o namorado Francisco Moisés foram presos, suspeitos de envolvimento, foram encaminhadas para o Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco). O caso estava sendo apurado pelo 12º Distrito Policial (Ininga). 

O Cidadeverde.com apurou que além dos dois presos em flagrante, a polícia já identificou dois outros suspeitos, entre eles, estaria um policial militar, que não teve o nome revelado.

O coordenador do Greco, delegados Tales Gomes, confirmou que o caso está com a especializada e que trabalha para agilizar a conclusão do inquérito. 

O assalto ocorreu na tarde da última sexta-feira(12). A digital influencer teria marcado um encontro com a vítima e teria repassado as informações do para o namorado e outro comparsa que invadiram a casa, onde ela estaria tendo um encontro amoroso com o empresário. 

Câmaras do circuito interno de segurança da casa registraram o momento do assalto, que ajudaram a identificar os suspeitos. Roani e o namorado foram presos em flagrante e o mandado foi convertido em prisão preventiva, já que também são suspeitos de agir com violência. Os outros dois já foram identificados e devem ser presos na próximas horas. 

 

Caroline Oliveira
[email protected]

Imprimir