Cidadeverde.com
Geral

Suspeitos usam farda de gari para assaltar padaria e levam R$ 8 mil

Imprimir

 

Atualizada às 10h30

Pelo menos dois homens, vestidos com fardas da empresa que coleta lixo em Teresina, invadiram uma padaria na Vila Afonso Gil, zona Sul de Teresina na noite desta quarta-feira(12) e roubaram dois celulares e cerca de R$ 8 mil em dinheiro. Na fuga, uma das vítimas entrou em luta corporal com um dos assaltantes e o outro atirou contra os dois, mas acertou o comparsa. 

As câmeras de segurança do local flagraram toda a ação que começou por volta das 20h50 da noite. Um deles redeu a funcionária do caixa, que ficou sentada no chão e o outro entrou para arrebentar o cofre. 

Os ladrões passaram cerca de cinco minutos no local e na saída, uma das vítimas teria reagido e entrado em luta corporal com um deles. 

“Houve atrapalhada entre eles. A vítima entrou em luta corporal e um terceiro indivíduo que estava esperando do lado de fora atirou, mas pegou em um dos meliantes que saiu correndo”, contou o capitão Fernando Lima, da Companhia Independente do Promorar, que atende a região. 

O oficial da PM disse que a polícia está atenta a todos que chegarem aos hospitais feridos com arma de fogo. “Até o momento não procurou atendimento médico, mas estamos em diligência e atentos a isso, se vai procurar ou vai tentar resolver em casa”, destacou.

Roubo das fardas

A Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Semduh) enviou nota informando que entrou em contato com a CTA – empresa terceirizada que é responsável pela coleta do lixo, limpeza e varrição da capital e que ela declarou "que os uniformes utilizados no assalto foram, provavelmente, roubados de dentro da casa dos funcionários. A empresa acredita que seus funcionários não estão envolvidos na ação e não houve roubos na sede da CTA.  A empresa já realiza a troca periódica de uniformes para dificultar a ação dos criminosos".


Caroline Oliveira
[email protected]

Imprimir