Cidadeverde.com
Geral

Luto: filha perde mãe, pai e irmã para Covid em um período de 15 dias

Imprimir

Foto: Reprodução/redes sociais 

O empresário Manoel Honorato Nascimento Filho morreu nesta terça-feira (08) após complicações da covid-19. Ele já havia perdido a esposa, professora Noélia Maranhão, e a filha, Bianca Maranhão, que também morreram de covid-19 em um intervalo de 15 dias. 

A morte de Manoel foi confirmada pela filha, Maria Clara, através de uma publicação realizada nas redes sociais do empreendimento que a família possui. "Manoel sempre será lembrado por sua alegria, responsabilidade, cuidado para com a loja. Agradecemos a todos que sempre nos apoiaram e confiaram no nosso trabalho", diz um trecho da publicação, assinada por Maria Clara. 

O velório de Manoel é restrito à família e amigos mais próximos. O sepultamento está marcado para o final da manhã desta quarta-feira (09), no cemitério Santo Antônio, no bairro Buenos Aires, zona norte de Teresina. 

 

Casos na família 

A primeira morte por covid-19 registrada na família foi da nutricionista Bianca Maranhão, de apenas 24 anos, que morreu no último dia 26 de maio após complicações da doença. A morte da jovem gerou comoção nas redes sociais, principalmente entre os colegas de profissão e jovens da região onde ele morava. 

Na última sexta-feira, a professora Noélia Maranhão, mãe de Bianca e esposa de Manoel, também morreu por complicações da covid-19 após ficar internada em um hospital da rede particular. 

Noélia Maranhão foi professora da rede municipal de ensino e diretora por 20 anos Escola Valter Alencar. Ela também geriu a unidade escolar Deoclécio Dantas e atualmente estava diretora adjunta da escola Vereador José Ommati, no bairro Piçarreira, zona Leste de Teresina. 

 


Natanael Souza
[email protected]  

Imprimir