Cidadeverde.com
Geral

Christina Aguilera declara apoio a Britney Spears: 'Merece todo amor'

Imprimir

Em postagem no Twitter, Christina Aguilera declarou apoio à colega Britney Spears, em meio ao embate da cantora para reassumir o controle sobre sua carreira. A publicação foi ao ar na noite de segunda-feira, 28, e defende a autonomia da ex-colega de palco.

"Nos últimos dias, tenho pensado em Britney e em tudo que ela está passando. É inaceitável que qualquer mulher, ou ser humano, que queira estar no controle de seu próprio destino, não tenha permissão para viver a vida como deseja", conta Aguilera no texto, que acompanha foto das duas artistas juntas.

Em seguida, a intérprete de Lady Marmalade comenta sobre as consequências do atrito entre Spears e o pai, Jamie Spears, tutor legal da cantora desde 2008. "Ser silenciado, ignorado, intimidado ou ter o apoio negado por aqueles 'próximos' a você é a coisa mais exaustiva, devastadora e degradante que se possa imaginar. O dano mental e emocional prejudicial que isso pode causar ao espírito humano não deve ser considerado levianamente "

 

 

"Toda mulher deve ter direito ao seu próprio corpo, seu próprio sistema reprodutivo, sua própria privacidade, seu próprio espaço, sua própria cura e sua própria felicidade. Embora eu não esteja atrás das portas fechadas desta conversa muito estratificada e pessoal, mas pública - tudo o que posso fazer é compartilhar de coração o que ouvi, li e vi na mídia", disse.

"A convicção e o desespero desse apelo por liberdade me leva a acreditar que essa pessoa que conheci viveu sem compaixão ou decência daqueles que estão no controle. Para uma mulher que trabalhou sob condições e pressões inimagináveis para a maioria, garanto que ela merece toda a liberdade possível para viver sua vida mais feliz. Meu coração está com Britney. Ela merece todo o verdadeiro amor e apoio do mundo."

Entenda a disputa entre Britney Spears e o pai, que deu origem ao movimento #Free Britney

Dos 22 anos de Britney Spears como cantora profissional, 13 deles foram vividos tendo o pai, Jamie Spears, como tutor. Desde 2008, Jamie foi nomeado na justiça americana como responsável legal por assuntos pessoais e financeiros da princesa do pop.

Anos depois, Britney chegou a afirmar que sentia que "a tutela se tornou uma ferramenta opressora e de controle sobre ela", segundo um investigador do tribunal em relatório de 2016. "Ela está 'cansada de ser explorada' e disse que é ela quem trabalha e ganha dinheiro, mas todos ao seu redor estão em sua folha de pagamento", observou o investigador.

Seu pai e seus advogados enfatizaram que ela e sua fortuna, que os registros do tribunal estimam em mais de US$ 60 milhões, continuam vulneráveis à fraude e manipulação. De acordo com a lei, o desafio de Spears é provar que é competente para fazer suas próprias escolhas. A cantora depôs contra o pai na última quarta-feira, 23, em processo que ocorre na Califórnia.

 

Fonte:Estadão Conteúdo

Imprimir