Cidadeverde.com
Esporte

Desfalcado, Flamengo tenta superar goleada contra algoz do Inter na Libertadores

Imprimir

O Flamengo volta à Libertadores às 19h15 desta quarta-feira (11) em busca de recuperação após a goleada sofrida para o Internacional, que interrompeu o início até então arrasador de Renato Gaúcho na Gávea, com seis vitorias seguidas, incluindo quatro goleadas.

Foto - Alexandre Vidal - Flamengo

O adversário da vez será o Olimpía (PAR), justamente o algoz do Inter na competição, que avançou após disputa por pênaltis do Beira-Rio e agora desafia o Flamengo nas quartas de final.

O time rubro-negro, por sua vez, bateu o Defensa y Justicia (ARG) na fase anterior, que marcou a estreia de Renato.

Favorito mesmo com o recente 4 a 0 sofrido em casa, o Flamengo se mantém reticente por um outro motivo: a lista de desfalques. Na zaga, setor mais contestado do time, Rodrigo Caio, sob trabalho de reequilíbrio muscular, e Bruno Viana, que testou positivo para a Covid-19, estarão fora da partida.

Ainda na linha de defesa, Renê é outro infectado pelo novo coronavírus e ainda segue vetado pelo departamento médico, que também cuida de Piris da Motta e agora do atacante Pedro, que sofreu entorse no tornozelo esquerdo no último compromisso pelo Campeonato Brasileiro, no domingo (8).

Assim, o time rubro-negro deverá repetir a escalação de seus últimos dois jogos pelo Brasileiro, com os seguintes jogadores: Diego Alves; Isla, Gustavo Henrique, Léo Pereira e Filipe Luís; Arão, Diego, Everton Ribeiro, Arrascaeta, Bruno Henrique e Gabigol.

O primeiro jogo será no Paraguai, já que o Flamengo, com melhor campanha na fase de grupos, terá a vantagem de decidir mais uma etapa do mata-mata em casa.

Assim, a partida de volta está marcada para ocorrer na quarta seguinte (18), no Mané Garrincha, em Brasília, onde o clube poderá contar com torcida no estádio.

Fonte: Folhapress

Imprimir