Cidadeverde.com
Esporte

Itália empata com a Suíça e bate recorde; Espanha, Bélgica e Alemanha vencem

Imprimir

A bateria de jogos deste domingo nas Eliminatórias Europeias para a Copa do Mundo terminou com a Itália batendo novo recorde de invencibilidade e muitos placares elásticos.

As maiores goleadas foram protagonizadas por Alemanha, que fez 6 a 0 na Armênia, e Polônia, com uma vitória por 7 a 1 sobre San Marino. 

Já a Bélgica venceu a República Checa por 3 a 0 e a Espanha bateu a Geórgia por 4 a 0, enquanto os italianos, atuais campeões da Eurocopa, ficaram no 0 a 0 em partida contra a Suíça, mas fizeram história.

O empate no St. Jakob-Park, em Basel, foi o 36º jogo seguido do qual a Itália saiu de campo sem derrota. O time comandado por Roberto Mancini estava empatado no quesito com o Brasil, que ficou invicto por 35 partidas entre 1993 e 1996, e a Espanha, dona da mesma marca entre 2007 e 2009.

Agora, portanto, os campeões europeus estão isolados como detentores do maior recorde. Na disputa das Eliminatórias, ocupam a liderança do Grupo C, com 11 pontos, pontuação que poderia ser maior, não fosse um pênalti perdido por Jorginho. A Suíça está logo abaixo, na vice-liderança, com sete pontos.

Na Mercedes-Benz Arena, a goleada de 6 a 0 aplicada pelos alemães foi construída ainda no primeiro tempo, com dois gols marcados por Gnabry, seguidos por bolas colocadas na rede por Reus e Werner. 

Hofmann e Adeyemi fecharam o placar na segunda etapa. O resultado colocou fim à invencibilidade da surpreendente Armênia, que vinha de três vitórias e um empate, até então na liderança do Grupo J. Agora, o primeiro lugar é da Alemanha, com 12 pontos contra 10 dos armênios.

A Polônia de Lewandowski teve um roteiro parecido com o dos alemães. Quatro gols saíram no primeiro tempo, dois do camisa 9, um de Swiderski e outro de Linetty. 

No segundo tempo, Buksa roubou a cena ao fazer um hat trick para garantir a goleada que coloca os poloneses na segunda colocação do Grupo I, com dez pontos, cinco a menos que a líder Inglaterra.

San Marino, que teve Nanni como autor do gol solitário na derrota por 7 a 1, está em último lugar, sem pontos somados.

Assim como a Polônia, a Espanha também chegou aos dez pontos neste domingo, ao golear a Geórgia por 4 a 0, em jogo válido pelo Grupo B, em Badajoz.

Os gols da vitória, que deixou os espanhóis na liderança da chave, foram marcados por Gaya, Soler, Torres e Sarabia. A Georgia é a última colocada, com apenas um ponto somado até o momento.

Enquanto isso, a Bélgica contou com gols de Lukaku, Hazard e Saelemaekers para vencer a República Checa por 3 a 0, resultado que a levou aos 13 pontos, ainda na liderança do Grupo E, com os checos logos atrás, em segundo lugar, com sete pontos. 

Em outras partidas do dia, a Romênia venceu Liechtenstein por 2 a 0 e Kosovo buscou um empate por 1 a 1 com a Grécia.

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir