Cidadeverde.com
Esporte

Brasil derrota o Japão e está nas quartas de final da Copa do Mundo de Futsal

Imprimir

O Brasil está classificado para as quartas de final da Copa do Mundo FIFA de Futsal. Em duelo emocionante na tarde desta quinta-feira (23), na Arena Kaunas, Lituânia, a Seleção demonstrou sua força em quadra e venceu, de virada, o Japão por 4 a 2, com gols de Ferrão, Leozinho, Pito e Gadeia. 

Créditos: Thais Magalhães/CBF

O adversário da próxima fase será o Marrocos, que passou pela Venezuela. Rumo ao hexacampeonato, a Seleção de Futsal volta à quadra no próximo domingo (26), às 10h (de Brasília), em Vilnius (LIT).

O jogo

Primeiro tempo duro para o Brasil na Arena Kaunas. Marcando sob pressão no início da partida, o Japão pulou na frente logo aos três minutos: o goleiro Higor lançou para Hoshi, que girou, chutou forte e contou com a infelicidade do de Guitta para abrir o placar.

Mas a Seleção não demorou para empatar. Dois minutos depois, aos cinco, Guitta lançou para Ferrão. O camisa 11 pisou na bola perto da área, girou e soltou o pé esquerdo para deixar tudo igual.

O Brasil começou a se soltar mais depois do gol. Antes do fim da etapa inicial, ainda teve chances com Rodrigo e Lino para conseguir a virada. Na reta final, Guitta ainda apareceu bem ao realizar boas defesas.

A Canarinho voltou melhor na segunda etapa e praticamente alugou o campo de defesa do Japão. Logo no primeiro lance, Dyego soltou a bomba após cobrança de falta ensaiada e acertou a trave japonesa.

Depois, Gadeia, Pito, Lino e Leozinho tiveram boas oportunidades, mas foram parados pela ótima atuação do goleiro Higor, que protagonizou lindas defesas.

Até que, aos 11 minutos, Leozinho recebeu na esquerda, avançou bonito em jogada individual, driblou Higor e mandou para o fundo das redes: 2 a 1 Brasil. 

Os minutos finais foram regados de muita emoção. Aos 18, Marlon conseguiu lançamento perfeito de longa distância, Pito dominou no peito, tirou Higor e fuzilou para fazer o terceiro do Brasil.

Só que o Japão respondeu rápido. Com o goleiro-linha em quadra, Nishitani pegou rebote e chutou sem chances para Guitta: 3 a 2.

Mas o "ufa" para a torcida brasileira veio nos últimos segundos, quando Pito roubou a bola e tocou para Gadeia, que avançou em velocidade e chutou para dar números finais ao placar na Lituânia. 

Fonte: CBF

Imprimir