Cidadeverde.com
Esporte

Como o Fluminense-PI deixou escapar o título de campeão

Imprimir

Durante o primeiro tempo da decisão da Copa do Nordeste de Futebol Sub-20, Vitória e Fluminense do Piauí empataram por 0 x 0. O placar estava de acordo com o rendimento das duas equipes. As defesas prevaleceram e os goleiros tiveram pouco trabalho. Para o segundo tempo o tricolor piauiense voltou melhor. 

Foto - Fluminense EC

A entrada de Kaká no lugar de Brendo deu mais movimentação no meio-campo e com boas chegadas ofensivas. O panorama do jogo mostrava que o Fluminense estava próximo da marcação do gol.  O Vitória, porém, reagiu e o lateral Fischer não conseguia parar as arrancadas perigosas de Álisson. 

O técnico Totonho mandou a campo Yan no lugar de Fischer, mas Álisson continuava levando a melhor. E veio uma substituição que melhorou muito a atuação do rubro-negro baiano. Entrou Wilker no lugar de Ronaldo. E Wilker mostrava as mesmas características de Álisson: drible fácil e velocidade. 

Ficou complicada a situação para a defesa tricolor que era vencida pelas laterais do campo. Houve uma bola na trave de Sebastião, mas o jogo  caminhava para o seu final e a decisão iria para os pênaltis.

Eram 47 minutos do segundo tempo quando o bom zagueiro David errou no controle da bola, perdeu o equilíbrio e saiu o passe para Álisson completamente livre na área piauiense, em falha clamorosa de marcação. 

Gol do Vitória. David sofreu um leve empurrão pelas costas, mas seguiu na jogada. Se o zagueiro não continuasse na jogada, provavelmente o árbitro daria falta.

E assim o futebol piauiense não conseguiu vencer uma final para conquistar um título importante. E perder o jogo nos acréscimos foi um resultado sofrido.  Em uma partida equilibrada, decidindo título, qualquer falha pode ser fatal. 

E foi assim que o Vitória venceu a disputa e ganhou mais uma vez a Copa do Nordeste de Futebol Sub-20.

O Fluminense teve uma campanha brilhante e jogou a semifinal e a final na casa dos adversários. Em oito jogos o tricolor piauiense perdeu apenas uma vez, mas aconteceu na decisão.

Ficha técnica do jogo Vitória 1 x 0 Fluminense:

Local – Estádio de Pituaçu, em Salvador.

Gol – Álisson aos 47 minutos do segundo tempo.

Vitória – Cabral; Israel,  Kayron (Cauê), Edson e Ronaldo;  Lucas Barreto (Breno), Hítalo (Charles), Ruan Nascimento e Alan; Álisson e Ronaldo (Wilker). Técnico – Ricardo Amadeu.

Fluminense – Sebastião; Fischer (Yan), Biloca, David e Batista; Brendo (Kaká), Samuel, Maurício e Alfredo (Esmael); Diego (Tiago) e Ruan (Gabriel). Técnico – Totonho.

Árbitro – Fábio Augusto Santos-SE; Assistentes – Rodrigo Guimarães Pereira-SE e Wendel Augusto Lino de Jesus Melo-SE.; 4º árbitro – Wagner Francisco Silva Souza - BA
Analista de campo – Vidal Cordeiro Lopes-BA.

Dídimo de Castro 
[email protected]

Imprimir