Cidadeverde.com
Geral

Aumenta para 100 o número de famílias de desabrigadas por causa de chuvas em Teresina

Imprimir

Foto: Defesa Civil 

O número de famílias desabrigadas em Teresina em razão das fortes chuvas subiu para 100, segundo informações repassadas à reportagem pelo secretário municipal de Defesa Civil, Carlos Ribeiro, no fim da tarde deste domingo (02). 

Segundo o gestor, o local mais atingido pela situação na qual a água invadiu vias e casas foi o bairro Mafrense, na zona Norte da capital. Pelo menos 70 das famílias desalojadas residiam na região. 

Carlos Ribeiro ainda acrescentou que as pessoas que foram removidas de situações de risco estão sendo alojadas em casas de familiares ou em escolas próximas da região.

Os abrigos temporários estruturados pela gestão municipal foram instalados em duas escolas situadas na zona Norte, sendo um no Bairro Mafrense o outro no Poty Velho.

No Centro de Teresina, pelo menos cinco famílias também fora realocadas ao longo do domingo (02) e outras 37 outras seguem sendo monitoradas em um trecho localizado na Vila Apolônia.

O superintendente executivo das Ações Administrativas Descentralizadas Centro, José Alberto, que atende a região e esteve acompanhando a remoção, fez um relato sobre a situação das famílias atingidas. 

“Tem um trabalho de convencimento para que as pessoas deixem os locais de risco. Em um primeiro momento estamos conversando como cada pessoa para verificar se podem ser levadas para outro local ou para a casa de um familiar. Se não a Prefeitura, por meio de suas secretarias, estruturou um local onde serão devidamente acolhidas”, descreveu.  

Nesta manhã o prefeito de Teresina, Dr. Pessoa (MDB), decretou situação de emergência na cidade, devido aos alagamentos registrados. O documento permite que o Poder Municipal tome medidas em caráter de urgência em relação a situação na capital. 

O decreto autoriza a mobilização de todas as secretárias, bem como a convocação de voluntários para reforçar ações. Também fica permitido aos agentes da Defesa Civil adentrarem casas e utilizarem propriedade particular, no caso iminente de perigo público, assegurando idenização ao proprietário uma idenização, caso houver dano. 

A previsão para a segunda-feira (03), segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), destaca a possibilidade chuva intensa no Piauí, inclusive em Teresina, para as próximas 24 horas.

Paula Sampaio
[email protected]

Imprimir