Cidadeverde.com
Esporte

Róger Guedes dá show, faz três gols e Corinthians vence o Avaí sem sustos

Imprimir

O Corinthians dominou o Avaí, na noite deste sábado (16), e contou com um show de Róger Guedes para assegurar uma vitória tranquila por 3 a 0 na Neo Química Arena, pela segunda rodada do Brasileirão.

Foto - Rodrigo Coca - Agência Corinthians

O camisa 9 marcou os três gols da partida. O resultado faz com que a equipe de Vítor Pereira durma na primeira posição, com seis pontos e cinco gols de saldo.

O próximo compromisso corintiano será pela terceira fase da Copa do Brasil, contra a Portuguesa-RJ, no Estádio do Café, na quarta-feira (20). Pelo Brasileirão, o Timão terá pela frente o clássico contra o Palmeiras, às 19h de sábado (23).

Eliminado na Copa do Brasil, o Leão volta a campo para pegar o Goiás, no domingo (24), às 11h, na Ressacada.

Jogando em casa, o Corinthians teve um desempenho parecido ao que apresentou contra o Deportivo Cali: dominou a partida, criou as melhores oportunidades, e, sem a bola, pressionou e ofereceu pouco espaço ao adversário. 

Mas, diferentemente de quarta-feira, quando precisou de um gol contra para sair com os três pontos, o Alvinegro foi mais eficiente e incisivo, chegando à meta adversária mais vezes e em melhores condições para marcar. 

Com a vantagem no placar, o time de Vítor Pereira ofereceu mais espaços e só não foi vazado graças a Cássio.

Mais uma vez decisivo em Itaquera, Róger Guedes foi escalado pela ponta esquerda, onde mais gosta de atuar, e foi peça fundamental para o resultado alvinegro em casa. 

Primeiro, se aproveitou de jogada individual de Du Queiroz, e, na sobra, só empurrou para o gol. Minutos depois, disparou pela esquerda, invadiu a área e marcou um golaço ao chutar no contrapé de Douglas. 

Por fim, após cruzamento de Lucas Piton e desvio de Giuliano, o camisa 9 apareceu na pequena área para completar para a rede.

O Avaí começou a partida acuado, tentando segurar a pressão corintiana e sem oferecer perigo para Cássio no início do confronto. Somente após os donos da casa abrirem dois gols de vantagem o Leão encontrou mais espaços. 

Mesmo com o Alvinegro diminuindo o ritmo, o time catarinense perdeu as chances que teve para marcar contra o goleiro corintiano, que fez quatro defesas difíceis.

Homenagens a Rincón

Não poderia ser diferente. No primeiro jogo do Corinthians após a morte de Freddy Rincón, a Neo Química Arena foi palco de diversas homenagens ao colombiano, ídolo alvinegro que conquistou dois títulos brasileiros, um Paulistão e um Mundial pelo clube. 

Em Itaquera, os telões mostravam lances do volante antes de a bola rolar. Durante o minuto de silêncio -desde 2020 o habitual tributo às vítimas da Covid-19, o estádio exibiu a foto do craque com a taça do título de 2000. 

Findados os 60 segundos, a torcida corintiana gritava "Rincón! Rincón! Rincón!". Exaltações dignas da carreira do habilidoso meio-campista, que, além da seleção de seu país, também passou por Palmeiras, Cruzeiro, Real Madrid e Napoli.

Fonte: UOL/FOLHAPRESS

Imprimir