Cidadeverde.com
Geral

OAB-PI pede melhorias à governadora após vistoria em delegacias da mulher

Imprimir

Foto: Divulgação/ OAB-PI 

A vice-presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Piauí, Daniela Freitas, esteve reunida com a governadora do Piauí, Regina Sousa, nesta sexta-feira (22/04). 

Na oportunidade, foi apresentado um levantamento realizado pela Comissão de Relações Institucionais a respeito das delegacias especializadas em atender mulheres vítimas de violência no Piauí.

A vice-presidente destacou que as pautas de combate à violência contra a mulher são uma prioridade para a instituição. 

“O levantamento feito pela Comissão foi sobre a estrutura física e preparo dos funcionários públicos no ato de recepcionar essas mulheres que chegam até a delegacia. Esse primeiro contato da mulher que sofreu a violência com a polícia é essencial para que o problema dela seja solucionado da forma mais célere possível”, afirmou.

Para o advogado Francisco de Assis Fortes, presidente da Comissão de Relações Institucionais, as delegacias especializadas precisam de mais cursos de capacitação, computadores e veículos para melhorar a produtividade do atendimento. 

Além disso, é necessário que as estruturas das delegacias tenham acessibilidade e sinalização amigável para que as vítimas de violência sintam-se acolhidas no espaço físico. 

“Estamos agradecidos com o cuidado que a governadora Regina Sousa reservou para este tema tão caro à sociedade. A OAB está irmanada com todos os órgãos do Estado para buscar mais efetividade no atendimento para todos os cidadãos vítimas de violência, principalmente às mulheres que precisam de um olhar especializado", destacou o advogado. 

A Comissão de Relações Institucionais realizou visitas às delegacias de atendimento especializado à mulher (DEAMs) de Teresina, onde levantou diversos reclames da população em relação ao atendimento vigente. Em resposta, a governadora se comprometeu a avaliar as sugestões e se colocou à disposição da OAB-PI.

Paula Sampaio (com informações da OAB-PI)
[email protected] 

Imprimir