Cidadeverde.com
Esporte

Botafogo só empata com Juventude em casa e sai de campo vaiado

Imprimir

No primeiro jogo do técnico Luís Castro no estádio Nilton Santos, o Botafogo recebeu o Juventude e empatou por 1 a 1, gols de Pitta e Diego Gonçalves. A partida foi válida pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro, e o time da casa saiu de campo sob vaias da torcida.

Foto: Fernando Alves/ECJuventude

Com o empate, o Fogão vai para 11º lugar com cinco pontos, enquanto o time gaúcho chega a dois pontos, ocupa a 19ª colocação e ainda não venceu nesta edição do torneio nacional.

O próximo jogo do Botafogo é no dia 08 de maio, também pelo Brasileirão, quando fará o clássico contra o Flamengo. Já o Juventude entrará em campo no mesmo dia, quando recebe o Internacional.

O Botafogo começou melhor a partida, pressionando o adversário e não permitindo que o Juventude tivesse chances ofensivas de perigo. A forma que os visitantes encontraram de controlar o ímpeto do time carioca foi fazendo faltas, mesmo que perto da área.

O forte ritmo no ataque e o controle da posse de bola continuou por todo o primeiro tempo. Porém, as chances reais de gol não eram muitas, já que o Juventude estava mais preocupado em se defender do que partir pelo contra-ataque.

O segundo tempo manteve o mesmo script, porém um erro de marcação do Botafogo mudou toda a história. Aos 17 minutos, em rápido contra-ataque, o atacante Pitta aproveitou a marcação errada do time carioca, driblou o zagueiro Philipe Sampaio e chutou forte, no canto esquerdo do goleiro Gatito.

Precisando aumentar ainda mais a intensidade, o técnico Luís Castro fez alterações para deixar o time mais ofensivo.

Uma delas foi o jovem Matheus Nascimento, que foi fundamental aos 34 minutos, quando chutou para o gol e viu a bola bater na mão de Paulo Miranda. Na cobrança de pênalti, Diego Gonçalves empatou o confronto.

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir