Cidadeverde.com
Esporte

Grêmio completa 10 jogos sem perder, mas ainda patina na Série B

Imprimir

Faz tempo que o Grêmio não perde na Série B do Campeonato Brasileiro, mas o período de desempenho abaixo do esperado é ainda maior. Depois do empate sem gols com o Bahia, no domingo (3), o time de Roger Machado completou dez rodadas sem derrota.

A sequência não esconde, porém, que o time ainda patina na campanha para voltar à elite.

Agora, o clube gaúcho se prepara para receber o Náutico, nesta sexta-feira (8), na Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS), pela 17ª rodada da Série B. Depois, a equipe recebe o Tombense e termina o primeiro turno diante do Brusque, fora de casa.

São dois meses sem vitória fora de casa. Sete empates em dez jogos. O time marcou sete gols no período e levou apenas dois. O lugar no G4, porém, veio e está mantido.

Com 26 pontos, o Grêmio está entre os quatro primeiros há um mês. Depois de seis rodadas fora do topo, o time de Roger Machado fincou pé na última posição que garante acesso à primeira divisão.

Nos bastidores, o trabalho de Roger sofre contestação. As escolhas do treinador, antes e durante os jogos, dividem opiniões. Mas a alta cúpula tem bancado sem margem para debate a permanência do técnico. A leitura é que o trabalho é bom dentro do contexto.

"Nós vimos os jogos da primeira divisão ontem, é totalmente diferente. A segunda divisão é isso aí, infelizmente. Tu não vê um jogo bom. O jogo de hoje foi horroroso, foi ruim de novo.

Eu não vi o Vasco x Sport mas deve ter sido um 'peladão' também, né?", disse Denis Abrahão, vice de futebol do Grêmio, depois do jogo com o Bahia.

O Grêmio entende que o time vai melhorar, com a volta de jogadores lesionados como Kannemann e a liberação completa de Ferreira, que jogou cerca de 30 minutos na Bahia. Além da inclusão de novos atletas no time, Thaciano, Guilherme e Lucas Leiva.

Para a partida desta sexta-feira, Roger conta com os retornos do atacante Biel e o volante Villasanti, que cumpriam suspensão na última rodada.

Em contrapartida, o atacante Janderson tomou o terceiro cartão amarelo, e é ausência confirmada. Portanto, uma possível escalação inicial do Grêmio tem: Gabriel Grando; Rodrigo Ferreira, Geromel, Bruno Alves e Nicolas; Villasanti e Bitello; Campaz, Biel e Elias; Diego Souza.

O Náutico, por sua vez, vem de vitória por 3 a 0 contra o Novorizontino, e busca manter o bom momento para continuar fora da zona de rebaixamento -com 18 pontos, o time ocupa a 16ª posição.

O técnico Roberto Fernandes ganhou novos desfalques para a partida desta sexta: conforme noticiado pelo ge, os volantes Raph e Djavan e o lateral-esquerdo Júnior Tavares não viajam com o time. 

Eles se juntam a Kieza, Hereda, Luis Phelipe, Bryan e Léo Passos no departamento médico. Portanto, uma possível escalação inicial do Náutico tem: Lucas Perri; Carlão, Bruno Bispo e João Lucas; Thássio, João Paulo, Victor Ferraz, Richard Franco e Pedro Vítor; Jean Carlos e Geuvânio.

Fonte: UOL/FOLHAPRESS

Imprimir