Cidadeverde.com
Geral

Corpo de Bombeiros promove 145 oficiais e praças e recebe equipamentos

Imprimir
  • WhatsApp_Image_2022-07-18_at_10_21_07.jpeg Renato Andrade / Cidadeverde.com
  • WhatsApp_Image_2022-07-18_at_10_21_05.jpeg Renato Andrade / Cidadeverde.com
  • WhatsApp_Image_2022-07-18_at_09_41_38.jpeg Renato Andrade / Cidadeverde.com
  • WhatsApp_Image_2022-07-18_at_09_41_34.jpeg Renato Andrade / Cidadeverde.com
  • WhatsApp_Image_2022-07-18_at_09_41_34_(1).jpeg Renato Andrade / Cidadeverde.com
  • WhatsApp_Image_2022-07-18_at_09_41_33.jpeg Renato Andrade / Cidadeverde.com
  • WhatsApp_Image_2022-07-18_at_09_41_33_(1).jpeg Renato Andrade / Cidadeverde.com
  • WhatsApp_Image_2022-07-18_at_09_41_32.jpeg Renato Andrade / Cidadeverde.com

Uma solenidade realizada na manhã desta segunda-feira (18) marcou a promoção de 145 oficiais e praças do Corpo de Bombeiros do Piauí. O evento ocorreu no Quartel do Comando Geral.Na ocasião, a corporação recebeu ainda 15 barcos motores, 100 botes e 100 coletes salva-vidas para reforçar a segurança dos turistas na região do litoral do Piauí.

O comandante geral do Corpo de Bombeiros, coronel José Arimateia Rego, comemorou a promoção dos bombeiros e disse que esta é uma forma de agradecer e honrar com os trabalhos dos militares em defesa dos piauienses, além de ajudar a melhorar os quadros da corporação, uma vez que um dos critérios para essa promoção é a formação complementar dos bombeiros. 

Confira a lista dos bombeiros promovidos. 

Ainda como forma de melhorar a corporação, de acordo com o coronel, até o final de 2022, o Corpo de Bombeiros no Piauí deve receber mais R$ 10 milhões em equipamentos para o combate de incêndios e afogamentos. 

“Vamos receber de emendas da bancada federal, estadual e através da Secretaria Nacional de Segurança em torno de R$ 10 milhões em equipamentos em todas as áreas, para combate a incêndio e também para salvamento aquático e nos diversos setores que a gente atua, como resgate, perícia de incêndio”, comemorou o comandante.

Ainda há uma previsão de que a Corporação receba em agosto uma lancha de grande porte e mais equipamentos de combate a incêndio. “De forma que a gente atue para minimizar todas essas séries de incêndios que ocorrem nesse segundo semestre”, acrescentou o coronel José Arimateia Rego.  

De acordo com o coronel, a corporação está, neste momento, priorizando a região do semiárido e do cerrado, que é onde ocorre a maior incidência de incêndio nesse período do BR-o-Bró. 


Nataniel Lima
[email protected] 

Imprimir