Cidadeverde.com
Esporte

PSG tem R$ 197 mi de prejuízo por lesões e lidera lista das 5 maiores ligas

Imprimir

Nenhum clube sofreu mais prejuízo por lesões na temporada passada que nem o Paris Saint-Germain: 34,2 milhões de libras (R$ 197 milhões). Pelo menos, é o que diz um estudo recente analisando atletas das cinco principais ligas do futebol europeu (Inglaterra, Alemanha, Espanha, Itália e França).

Divulgado pela agência Reuters e realizado pelo "Howden's European Football Injury Index", o estudo mostra que o prejuízo total aos clubes foi de 513 milhões de libras, cerca de R$ 3 bilhões, um aumento de 29% em relação à temporada passada (2020/21) na Europa.

Basicamente, o custo de lesão é calculado da seguinte forma: o custo diário de um jogador x número de dias em que ele esteve indisponível. A inflação salarial também contribuiu para esse aumento, de acordo com o texto da Reuters.

A Premier League foi a liga que registrou o maior número de lesões na temporada 2021/22 (1.231), seguida pelos campeonatos Alemão (1.205) e Espanhol (848).

Já o Real Madrid foi o time que registrou o maior número de ausências (114), contra 97 de Bayern de Munique e Chelsea.

Em relação ao número de lesões, houve um crescimento de 20% de uma temporada para a outra, o que levanta preocupações sobre o bem-estar dos jogadores em meio ao congestionamento de jogos.

James Burrows, chefe de esportes do grupo segurador Global Howden, justifica o crescimento ocorrido nas últimas temporadas: "Se você olhar para as duas últimas temporadas, é razoável concluir que a interrupção nos jogos [por conta da covid-19] e o congestionamento de rodadas está tendo um impacto direto em termos de ocorrência de lesões".

Os jogadores com menos de 21 anos foram os mais afetados, com o número de lesões aumentando 10 vezes nos últimos quatro anos, de 30 em 2018-19 para 326 em 2021-22.

"De todas as análises, essa foi a que mais saltou da página", disse Burrows. "Se olharmos para as duas últimas temporadas e o impacto da pandemia, vimos que os clubes perderam vários jogadores mais velhos e foram obrigados a recorrer aos jovens com mais frequência", analisa.

COPA DO MUNDO

Embora o impacto da pandemia esteja diminuindo no futebol, o estudo ressalta ainda que os clubes enfrentarão um novo desafio nesta temporada por causa da Copa do Mundo do Qatar, que acontece entre os dias 20 de novembro e 18 de dezembro.

A paralisação de seis semanas dos jogos dos clubes exigirá um calendário mais apertado no futebol europeu e uma pausa de inverno mais curta para os jogadores.

Fonte: UOL-FOLHAPRESS

Tags: PSGfutebol
Imprimir