Cidadeverde.com
Política

Abstenção preocupa campanha de Lula e PT intensifica ações no Piauí

Imprimir

Foto: Renato Andrade/Cidadeverde.com

A coordenação de campanha do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) trabalha evitar o aumento do índice de abstenção nas urnas em grandes cidades, como Teresina e Parnaíba. 

Na capital, 89 mil pessoas deixaram de ir às urnas no primeiro turno. Já em Parnaíba, foram mais de 19 mil eleitores que optaram pela abstenção. 

A orientação traçada em reuniões da campanha é atuar nas ruas para ressaltar a importância do comparecimento dos eleitores no dia 30 de outubro. Nesta última semana, a campanha continuará com o foco na capital e em cidades polo, como Picos, Oeiras, Parnaíba, Altos, Campo Maior, Piripiri, inclusive, com presença do governador e senador eleitos Rafael Fonteles e Wellington Dias. 

Segundo o presidente estadual do PT, João de Deus, a campanha será finalizada com uma carreata na zona Sudeste em Teresina na manhã do sábado (29). 

“Temos uma programação específica para Teresina que é voltada para a maior cidade do estado, onde a diferença de voto foi menor do que das outras cidades. Além disso, tivemos um cerca de 90 mil abstenções, são pessoas que deixaram de votar por algum motivo. Vamos encerrar a campanha com uma grande carreata. Já fizemos nas zonas Sul e Norte e vamos finalizar na zona Sudeste”, destacou. 

O Partido dos Trabalhadores também iniciou a convocação de juristas para intensificar a fiscalização nos locais votação. O diretório teve uma reunião com pelo menos 50 advogadas na quarta-feira (25) para tratar sobre essas estratégias. 

Já nesta quinta-feira (27) um grupo de petistas faz um aniversário para Lula na Vila Irmã Dulce, com o corte de um bolo. Na sexta (28), um grupo de artistas da capital se reúnem na Avenida Frei Serafim para manifestar apoio ao ex-presidente. 

 

Paula Sampaio 
[email protected]de.com

Imprimir